Publicidade

05 de Abril de 2014 - 16:56

Por Tribuna

Compartilhar
 

Um policial militar do serviço de inteligência, 29 anos, baleou um homem, 31, na manhã de sábado (5), durante a averiguação de uma denúncia, no Bairro São Benedito, Zona Leste. O baleado teria avançado armado contra a guarnição policial, levando o PM a efetuar os disparos como defesa. A vítima foi atingida por um tiro na coxa esquerda e outro na região entre o tórax e o abdômen, sendo socorrida no Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde foi submetida a cirurgia. O paciente permaneceu internado sob escolta policial e à disposição da Justiça. A assessoria de comunicação do HPS informou que a vítima estava em estado estável, lúcida e orientada.

De acordo com o boletim de ocorrência, dois soldados do setor de inteligência, de 27 e 29 anos, relataram que, por volta das 8h, foram comunicados pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) a respeito da fuga de indivíduos em função de uma operação policial, no Bairro São Benedito, e que haviam escondido drogas em um terreno, na Rua Ludgero Nogueira. Ao chegarem à comunidade, os policiais, à paisana, ouviram dois tiros e visualizaram um suspeito, nas proximidades da Rua Araxá. Os militares teriam constatado que o suspeito possuía um mandado de prisão em aberto.

Ainda conforme o documento policial, o homem exibia uma pistola em plena via pública. No momento que ele percebeu a presença da viatura descaracterizada, tentou fugir. Entretanto, os policiais se identificaram como PMs e deram ordem para que o suspeito largasse a arma. Mas o homem teria desobedecido o comando e ainda avançou em direção aos policiais, apontando a arma para eles. Neste momento, o policial efetuou dois disparos, atingindo o suspeito, que carregava uma pistola calibre ponto 380 municiada. O homem ferido foi socorrido pelos próprios soldados e levado para o HPS. Segundo o boletim de ocorrência, no local dos disparos, foram recolhidos dois carregadores com 28 munições. Já no HPS, um enfermeiro localizou, nas roupas da vítima, mais duas munições de calibre ponto 380 intactas. Consta também no registro policial que foram encontradas, no interior da viatura, que conduziu o baleado para o hospital, mais duas munições que teriam caído do bolso dele, totalizando 32 munições apreendidas.

Um dos policiais militares recebeu voz de prisão em virtude de disparo de arma de fogo, que resultou em lesão corporal. Ele não foi apresentado no plantão da delegacia de Polícia Civil em Santa Terezinha, sendo conduzido diretamente para a sede do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM), onde ficou à disposição da Justiça Militar estadual. As armas utilizadas pelos PMs durante a ocorrência no São Benedito, duas pistolas ponto 40, foram recolhidas e estão à disposição da Justiça Militar estadual. Todos os fatos, como apontou o documento policial, foram comunicados ao juiz de plantão da Justiça Militar estadual, André de Mourão Motta.

A assessoria de comunicação organizacional do 2º Batalhão da PM foi procurada pela Tribuna, mas informou que a corporação não iria comentar a ocorrência ontem.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?