Publicidade

10 de Fevereiro de 2014 - 10:18

Caixa quer de volta imóveis invadidos

Por Tribuna

Compartilhar
 
25 mandados de citação foram cumpridos no local
25 mandados de citação foram cumpridos no local

Atualizada às 20h28

Policiais militares e federais deram apoio nesta segunda-feira (10) ao cumprimento de 25 mandados de citação no Residencial Araucárias, Zona Sul da cidade, que pertence ao programa "Minha casa, minha vida". Os mandados foram expedidos pelos juízes Bruno Souza e Maria Helena Alvim Ribeiro, da 3ª e 4ª varas da Justiça Federal. Nestas varas tramitam ações movidas pela Caixa Econômica Federal (CEF) contra invasões no conjunto habitacional financiado pelo Governo federal. A maioria dos mandados tinha os imóveis ocupados irregularmente como alvo. Os invasores foram intimados e deverão participar de futura audiência para tratar do assunto. Mais de 20% dos imóveis destinados ao "Minha casa, minha vida" na cidade estão nas mãos de pessoas que não foram contempladas pelo programa. Em Juiz de Fora, há 89 ações de reintegração de posse em tramitação.  

A questão é complexa e tem um viés social. Embora os invasores atendam, em sua maioria, aos requisitos exigidos para participar do programa - são pessoas de baixíssima renda, com filhos pequenos e sem local de moradia -, a Caixa tem demonstrado que não pretende regularizar essas ocupações, a fim de não estimular novos casos. Em nota, a assessoria da instituição confirmou que entrou com pedido de reintegração de posse das unidades invadidas e informou que essas unidades "serão redirecionadas para as famílias já selecionadas pela Prefeitura, de acordo com as regras do programa". Na ação desta segunda, apesar de a maior parte dos mandados ter sido dirigida às pessoas que estão em situação irregular nestas áreas, alguns proprietários de imóveis também foram intimados e deverão atender ao chamamento judicial.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?