Publicidade

18 de Março de 2014 - 11:32

Por Tribuna

Compartilhar
 
Viaturas e até o helicóptero da PM rastrearam a área
Viaturas e até o helicóptero da PM rastrearam a área

O clima voltou a ficar tenso na manhã desta terça-feira (18) na região das vilas Esperança I e II, Zona Norte de Juiz de Fora. A Polícia Militar recebeu informações de que grupos rivais dos dois bairros trocaram tiros próximo a um escadão que divide as localidades. Alguns comerciantes teriam chegado abaixar as portas temendo o confronto. Diante da situação, várias viaturas e até o helicóptero Pégasus rastrearam a área em busca de suspeitos, mas ninguém foi preso até o momento. A PM também não localizou feridos. O patrulhamento continua na região para garantir a segurança dos moradores e tentar localizar envolvidos.

Desde sexta-feira, uma série de ocorrências violentas levaram medo à população, incluindo um homicídio e uma tentativa de assassinato. Naquele dia, um carro chegou a ser incendiado e tiros foram disparados durante confronto de gangues na Rua Dona Ana Salles, que permite o acesso aos dois bairros. Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas. Uma delas foi baleada no pé, e as outras sofreram escoriações diversas.

No sábado, um jovem, 18 anos, ficou gravemente ferido ao ser alvejado por dois disparos na Vila Esperança I. Policiais militares conseguiram apreender um adolescente, 17, e capturar um rapaz, 19, suspeitos de participação no crime. Já na madrugada de segunda-feira, um homem, 34, foi morto a tiros na Vila Esperança II. Renato Pereira sofreu seis perfurações à bala pelo corpo, sendo três delas no pescoço, duas na cabeça e uma no ombro esquerdo. Nenhum envolvido no crime foi encontrado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?