Publicidade

31 de Março de 2014 - 16:17

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 21h50

Os dois policiais militares presos no último sábado (29) após atirarem em dois jovens que estavam com um simulacro de arma de fogo, no Bairro São Benedito, Zona Leste, foram liberados. De acordo com o assessor de comunicação do 2º Batalhão, tenente José Augusto Viana, no sábado, foi feito um Auto de Prisão em Flagrante (APF) do sargento e soldado envolvidos no episódio, em seguida, o caso foi encaminhado para Justiça Militar, em Belo Horizonte. Segundo ele, foi expedido um alvará de soltura na tarde de domingo. "Os policias foram liberados por volta de 13h e continuam trabalhando normalmente. O sargento é lotado na 70ª Companhia, e o soldado na 31ª Companhia", explicou.

Segundo o documento policial, a PM recebeu denúncia de moradores que dava conta que dois jovens com arma de fogo estavam circulando de carro pela Rua Goiás. Quando os militares chegaram ao local, a dupla não acatou a ordem de parada e ainda apontou uma réplica de revólver para os policiais. Sem saber que se tratava de um simulacro de arma, os policiais atiraram sete vezes. Um dos tiros pegou de raspão no passageiro, e os demais atingiram o veículo. Os suspeitos, ambos de 21 anos, foram levados para a delegacia, sendo ouvidos e liberados. Os policiais foram presos em flagrante e conduzidos para a sede do 2º Batalhão, em Santa Terezinha. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?