Publicidade

07 de Maio de 2014 - 09:24

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 10h24 de 07/05/2014

Sessenta e cinco máquinas de caça-níquel foram apreendidas em imóveis no Centro de Juiz de Fora, na tarde dessa terça-feira (6), pela equipe da 7ª Delegacia de Polícia Civil, durante a operação "Checkpoint". A ação, que contou com a participação de órgãos da Prefeitura, percorreu quatro locais que eram usados para a prática da contravenção. Dez pessoas foram detidas e conduzidas para a unidade policiais. De acordo com o delegado Leonardo Bueno Procópio, todas elas foram ouvidas e liberadas, após assinatura de termo de compromisso de comparecimento à Justiça.

Em um imóvel, na Rua Fonseca Hermes, 20 aparelhos foram apreendidos. Já na Rua Santa Rita, 15 máquinas foram recolhidas. Em um bingo clandestino próximo ao cruzamento das avenidas Rio Branco e Itamar, os policiais localizaram 15 caça-níqueis. A mesma quantidade também foi apreendida em um endereço na Rua Santo Antônio. Conforme o delegado, o objetivo da ação é combater a exploração dos jogos de azar no município. Para chegar até os locais onde as máquinas estavam em funcionamento, os investigadores fizeram um trabalho que durou duas semanas. "Essa iniciativa vai continuar durante todo esse mês, focando a descoberta e o fechamento de locais que servem para a prática dessa natureza de ocorrência", afirmou Leonardo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?