Publicidade

10 de Abril de 2014 - 11:31

Por Tribuna

Compartilhar
 
Cumpridos mandados em busca de armas e drogas
Cumpridos mandados em busca de armas e drogas

Atualizada às 21h03

Cerca de 50 policiais civis voltaram às ruas em 14 viaturas, na manhã desta quinta-feira (10), para cumprir novos mandados em busca de armas e drogas. Desta vez, o alvo da operação foram bocas de fumo dos bairros Vila Olavo Costa e Furtado de Menezes, na Zona Sudeste. A manobra, batizada de "Cruzadas novas", também foi desencadeada em Torreões, Zona Rural, e contou com apoio da delegacia de Rio Preto. O alvo eram suspeitos de cometerem tráfico de drogas e roubos na região. 

A movimentação de policiais desde as primeiras horas da manhã chamou a atenção de moradores. Conforme a delegada regional, Sheila Oliveira, os trabalhos fazem parte de uma operação contínua, iniciada no último sábado na Zona Leste. Mais de 30 endereços foram vistoriados. Em todos eles, segundo a Polícia Civil, havia denúncias de que, nos locais, ocorria tráfico de drogas ou que estes pontos serviam como esconderijos de armas de fogo. 

O titular da Delegacia Especializada de Homicídio e Antidrogas, Armando Avolio, disse que um adolescente de 17 anos foi flagrado na Olavo Costa com 325 buchas grandes de maconha e 20 pedras de crack. "Ele estaria guardando drogas para um dos nossos alvos. Quando avistou os policiais, tentou fugir, sendo capturado. Os entorpecentes foram encontrados em uma mochila que ele usava." Em outro endereço, foram encontrados um revólver calibre 38 e seis munições de mesmo calibre, e um homem, 34, foi preso por posse ilegal de arma de fogo. 

 

Zona Rural 

A operação aconteceu também na Zona Rural e em Santa Bárbara do Monte Verde, contando com o apoio da delegacia de Rio Preto, que realizou investigação conjunta com a Delegacia Especializada de Roubos, Latrocínio e Antidrogas de Juiz de Fora. O objetivo era prender suspeitos de cometerem roubos na área Rural de Juiz de Fora e cidades do entorno. Conforme o delegado de Rio Preto, Márcio Savino, na quarta-feira, um homem foi detido em Santa Bárbara do Monte Verde. Com ele foram encontrados diversos objetos, que possivelmente foram furtados. Segundo ele, serão feitos levantamentos para comprovar a origem dos produtos.

Em continuidade à ação, nesta quinta-feira outros dois homens, de 26 e 29 anos, foram presos em Torreões. A titular da especializada de Roubos, Patrícia Ribeiro, destacou que investigações apontaram que eles também estariam cometendo roubos. Na casa deles, foi cumprido mandado, e os policiais encontraram uma espingarda, munições calibre 28, porções de maconha e crack e cerca de R$ 5 mil. Também foram encontrados materiais para embalo de drogas, balança de precisão, facões, canivetes e uma TV. "As drogas eram enterradas no quintal em canos de PVC. Quando a polícia chegou, os entorpecentes estavam prontos para ser escondidos", disse a delegada regional. 

 

Primeira ação

A primeira ação da "Cruzadas novas" ocorreu no último sábado. Segundo a delegada, naquele dia, o principal objetivo era prender um homem de 31 anos, que acabou baleado na fuga por um policial militar do serviço de inteligência no São Benedito. "Já havíamos solicitado à Justiça o mandado de prisão contra ele após investigações da Delegacia de Homicídios e Antidrogas, que o vincula a crimes de tráfico e homicídio."

Ela pontuou que foram cerca de dois meses de trabalho, "mas, quando os policiais cercaram a residência, ele fugiu pelos fundos, e aconteceu aquela fatalidade. Agora ele está sob escolta policial no HPS". Quando tiver alta, o suspeito, que foi atingido na perna e na região entre o tórax e o abdômen, será encaminhado a uma unidade prisional. Segundo o boletim de ocorrência, o PM afirmou ter atirado para se defender de uma investida do fugitivo, que portava uma pistola carregada e não teria obedecido à ordem para largar a arma. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?