Publicidade

28 de Fevereiro de 2014 - 11:52

Por Tribuna

Compartilhar
 
Um falso colete da Polícia Civil, drogas e um revólver calibre 38 foram apreendidos
Um falso colete da Polícia Civil, drogas e um revólver calibre 38 foram apreendidos

Atualizada às 19h15

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta sexta-feira (28), uma operação para desarticular uma gangue do Bairro Santo Antônio, Zona Sudeste. Segundo as investigações, os integrantes do grupo são suspeitos de participação em cinco homicídios ocorridos no local este ano. A manobra foi feita pelas delegacias especializadas de Homicídios e Antidrogas e de Repressão a Roubos. Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão e seis de prisão. Um homem, 23 anos, e uma mulher, 19, foram presos. 

Na casa do homem, a polícia encontrou capacetes, um falso colete à prova de balas da Polícia Civil, uma motocicleta que estaria sendo usada para cometer os assassinatos, uma TV de plasma e dois HD's. Já no imóvel que a jovem estava, que pertencia a um dos alvos da operação, a polícia localizou um revólver calibre 38, duas munições, uma porção de crack, balança de precisão e material para embalo de entorpecente.  

Segundo o titular da especializada de Homicídios e Antidrogas, Armando Avolio, os integrantes do grupo estariam cometendo os crimes para tentar tomar bocas de fumo pertencentes a uma gangue rival do mesmo bairro. "Eles estavam promovendo uma verdadeira guerra. Vamos continuar a operação para tentar localizar mais pessoas." Outro suspeito de integrar a gangue, 22, foi preso pela PM por porte ilegal de arma de fogo, no último domingo, também no Santo Antônio. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?