Publicidade

09 de Abril de 2014 - 21:27

Por Tribuna

Compartilhar
 

A Delegacia Especializada de Homicídio e Antidrogas concluiu o inquérito do caso da mulher que matou o marido a marretadas e o enterrou no quintal, no Bairro Cruzeiro do Sul, na Zona Sul. Segundo a Polícia Civil, as investigações apontaram que a suspeita, 27 anos, agiu sozinha e, embora sofresse violência doméstica, a ação não caracterizou legítima defesa. O inquérito já foi remetido à Justiça. A mulher está presa na Penitenciária Ariosvado Campos Pires desde o dia do crime, 25 de março, quando foi detida em flagrante na residência do casal e confessou o assassinato.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?