Publicidade

10 de Dezembro de 2013 - 12:29

Por Tribuna

Compartilhar
 
Apresentadas também armas recuperadas: AK 47, pistola 9mm e rifle calibre 22
Apresentadas também armas recuperadas: AK 47, pistola 9mm e rifle calibre 22

Atualizada às 17h

Uma AK 47, arma de guerra russa, foi recuperada pela Polícia Federal (PF) na última sexta-feira (6). De acordo com o delegado-chefe da PF, Cláudio Dornelas, uma pessoa residente na Zona Norte foi até a delegacia, no Bairro Manoel Honório, na Zona Leste de Juiz de Fora, informando que queria entregar, além da AK, uma pistola 9mm, arma de uso restrito, e um rifle calibre 22. Agentes foram até a residência para recolher as armas, já que não se pode trafegar com elas. Por causa da entrega por livre vontade, o indivíduo não pôde ser preso, e ainda deverá receber R$ 450 pela AK, e R$ 250 para cada uma das demais. A presença da arma russa surpreendeu os policiais, já que ela seria rara, apesar de já ter sido encontrada em poder de traficantes cariocas. Se vendida no mercado negro, poderia custar até R$ 50 mil.

 

Munições

Já na noite desta segunda-feira (9), 19 munições de pistola calibre ponto 45, de uso restrito das Forças Armadas e das polícias, consideradas com alto poder de destruição, foram apreendidas pela PM, na Rua Diva Garcia, no Bairro Linhares, Zona Leste. O material foi encontrado na casa onde estaria morando um jovem, 25 anos, suspeito de tráfico, que possuía mandado de prisão preventiva. O rapaz foi abordado em um bar da via junto com a namorada adolescente. O casal teria tentado ludibriar a polícia, para que os militares não descobrissem onde moravam e achassem os projéteis. Os envolvidos foram levados para a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, onde, em poder do homem, ainda foi encontrada uma porção de crack escondida na cueca. O rapaz foi autuado em flagrante pela posse ilegal das munições e encaminhado ao Ceresp. Já a adolescente foi entregue ao responsável. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?