Publicidade

23 de Maio de 2014 - 11:14

Por Tribuna

Compartilhar
 
Com faixas pretas no punho, PMs também protestam
Com faixas pretas no punho, PMs também protestam

Usando faixas pretas no punho, policiais militares de Juiz de Fora realizam, nesta sexta-feira (23) doação de sangue coletiva, no Hemominas da cidade. A ação, conforme a assessoria de comunicação do 2º Batalhão da PM, foi um ato de solidariedade ao soldado André Luiz Lucas Neves, de 27 anos, assassinado por três criminosos ao tentar impedir um assalto, no último dia 16, em Belo Horizonte. A iniciativa é também um protesto silencioso contra a impunidade. "O manifesto não é do policial, mas sim do cidadão policial, da sociedade contra a violência e a falta de punição. Não é nada além que a busca da melhoria da nossa maior ferramentas: a lei", diz a mensagem divulgada nas redes sociais pelos organizadores do movimento. A assessoria de comunicação do 2ºBPM não informou o número de PMs que já fizeram a doação, mas afirmou que a movimentação de policiais no Hemominas está sendo grande.

A assessoria de comunicação do Hemominas informou que, para a fundação, toda doação é bem-vinda, principalmente, porque o estoque de sangue do tipo negativo está em queda em todo o estado, e na região de Juiz de Fora, a redução gira em torno de 40% a 50%. Entretanto, destacou que a doação é um ato de solidariedade e deve acontecer ao longo de todo o ano, não devendo ser encarada como uma forma de protesto.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?