Publicidade

21 de Maio de 2014 - 19:38

Por Tribuna

Compartilhar
 
Militares usaram faixas pretas nos pulsos
Militares usaram faixas pretas nos pulsos
Policiais da 135ª Cia lembraram a morte de colega assassinado
Policiais da 135ª Cia lembraram a morte de colega assassinado

Usando faixas pretas nos punhos, policiais militares de Juiz de Fora fazem um protesto silencioso contra a impunidade e manifestam luto pela morte do soldado André Luiz Lucas Neves, 27 anos, assassinado por três criminosos ao tentar impedir um assalto. O crime aconteceu na última sexta-feira (16), em Belo Horizonte. Os militares também pretendem lembrar outros policiais que perderam a vida enquanto trabalhavam. O movimento acontece em outras cidades mineiras, e, segundo policiais que aderiram, não tem nenhuma relação com reivindicação salarial.

Conforme a assessoria da 4º Companhia de Missões Especiais (4ª CME), o protesto está sendo apoiado pelo comando da corporação na cidade. "O manifesto não é do policial, mas sim do cidadão policial, da sociedade contra a violência e a falta de punição. Não é nada além da busca de melhoria na nossa principal ferramenta: a lei", diz a mensagem divulgada nas redes sociais pelos organizadores do movimento. Além de usar a faixa preta, os policiais irão fazer uma doação de sangue na sexta-feira, no Hemominas. A ação voluntária deve acontecer em dois horários: às 8h30 e às 15h.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?