Publicidade

12 de Maio de 2014 - 20:21

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 21h02

Um policial militar precisou atirar com arma não letal para conter a agressividade de um homem, que teria desacatado a ele e a outros policias que faziam buscas por um suspeito, no Bairro Vila Ideal, Zona Sudeste. De acordo com o documento policial, na noite do último sábado (10), uma viatura da 135ª Companhia realizava buscas por um adolescente, que estaria armado e teria invadido uma residência no bairro e ameaçado de morte os moradores.        

Conforme a PM, durante rastreamento, os policiais avistaram o adolescente, que teria feito gestos obscenos e xingado os militares. Mais uma vez, ele fugiu. Os policiais continuavam a varredura na região, quando um homem, 26 anos, começou a desacatar os militares. Ele recebeu ordem para colocar a mão na cabeça, a fim de passar por busca pessoal. Neste momento, o homem desferiu um soco no rosto do cabo, 37, e com um objeto provocou um corte na orelha da vítima. 

Um soldado interveio na confusão e também foi atingido por chutes e socos. Para conter as agressões, um dos militares atirou com uma arma de munição de borracha em direção ao autor, que fugiu. Conforme o boletim de ocorrência, os policias que estavam na ocorrência não souberam informar se o suspeito foi atingido. Outras viaturas foram acionadas, mas o homem não foi encontrado. Já o cabo agredido foi levado ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), sendo medicado e liberado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?