Publicidade

28 de Janeiro de 2014 - 20:27

Por Tribuna

Compartilhar
 
Ação foi realizada em conjunto pelas polícias
Ação foi realizada em conjunto pelas polícias

Cento e vinte dois quilos de cocaína foram apreendidos em Juiz de Fora e região, durante a décima edição da operação "Invasão", realizada pela Polícia Federal (PF), em parceria com as polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal. De acordo com o chefe da PF, Cláudio Dornelas, o material foi recolhido em duas etapas, mas em situações muito semelhantes, resultando na prisão de dois homens, 27 e 37 anos, por tráfico regional de drogas.

No último dia 24, uma pick up foi abordada na BR-267, perto de Lima de Duarte, quando foram localizados 71 kg de cocaína. Os outros 51kg restantes foram apreendidos, também numa pick up, na BR-040 próximo à divisa do Rio de Janeiro, no último dia 19. "O total recolhido, se fosse processado para consumo, poderia render até três vezes mais, chegando a 300kg", afirmou Dornelas, acrescentando que o material poderia valer até R$ 1 milhão.

Conforme o delegado, ainda não foi apurado se há ligação entre as duas ocorrências. "O inquérito está em andamento, e procuramos estabelecer se há relação entre os casos, inclusive, saber qual seria o destino dessa droga", destacou Dornelas. Segundo ele, um dos presos confessou que o material que transportava seria armazenado na casa dele, um apartamento na Zona Sul de Juiz de Fora. O chefe da PF pontuou que o objetivo da operação "Invasão" é barrar a entrada de droga na cidade. "Mas, se conseguir entrar, nossa meta é impedir que chegue nos pontos de distribuição."

Comandante interino da 4ª Região de Polícia Militar, o tenente-coronel Moisés Ricardo Pinto ressaltou que a integração entre as polícias é importante, porque resulta em ações positivas, retirando entorpecentes das ruas. "A droga pode dar origem a homicídios, tentativas de homicídios e roubos, e, quando é retirada de circulação, contribui para diminuir o índice de criminalidade."

O comandante acrescentou que as ações também estão servindo para traçar o perfil desse tipo de crime. "Já sabemos, que a droga está chegando sempre com o mesmo modus operandi, ou seja, com uso de pick up novas, totalmente legalizadas, conduzidas apenas por uma pessoa, sem escolta e sem armas. Assim, estamos como nosso patrulhamento focado nesse tipo de veículo", observou o comandante. A operação "Invasão" teve início em agosto de 2013 e, desde o início, já apreendeu meia tonelada de cocaína, 1,3 tonelada de maconha e 25 veículos. Vinte e quatro pessoas foram presas.

Cláudio Dornelas também divulgou que está em andamento inquérito para apuração de um veículo apreendido, na saída de Juiz de Fora, com US$ 400 mil. "Queremos saber a origem desse dinheiro e como seria empregado." A data da apreensão não foi informada.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?