Publicidade

28 de Janeiro de 2014 - 20:43

Por Tribuna

Compartilhar
 
Homem foi detido no último domingo, quando trabalhava como guardador de carros
Homem foi detido no último domingo, quando trabalhava como guardador de carros

Um jovem, 24 anos, preso sob suspeita de latrocínio (roubo, seguido de morte) contra Leonardo Davy Chagas, 25, no fim do ano passado, foi apresentado nesta terça-feira (28) pela Delegacia de Repressão a Roubos. Ele foi detido no último domingo, quando trabalhava como guardador de carros no Alto dos Passos, região Sul.

Na madrugada do dia 20 de dezembro, a vítima foi abordada pelo autor quando saía de um bar e se dirigia a um ponto de táxi no Bairro São Mateus, na Zona Sul. Ao reagir a uma tentativa de assalto, o jovem foi ferido na região do tórax com uma faca, tendo o fígado perfurado. Leonardo foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A arma do crime foi encontrada dias depois.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Patrícia Ribeiro de Souza Oliveira, além de confessar o latrocínio, o homem confirmou ter participado de três assaltos a taxistas nos dias 20 e 29 de dezembro e 3 de janeiro. O suspeito pegava um táxi em São Mateus, região onde atuava como flanelinha, e pedia uma corrida até o bairro Guaruá, onde assaltava as vítimas. Ele já tinha sido preso pelo crime de tráfico de drogas e foi encaminhado ao Ceresp. Outras pessoas que supostamente estariam agindo com o jovem foram identificadas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?