Publicidade

15 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
No colégio Degraus de Ensino, não foram encontradas irregularidades
No colégio Degraus de Ensino, não foram encontradas irregularidades

Mais de 138 quilos de alimentos (empanados de frango, farinhas e chocolate em barra) com a data de validade vencida e 12 embalagens de 200ml de achocolatado foram recolhidos em uma das escolas vistoriadas nesta semana pelo Procon. A operação, realizada em cantinas, lanchonetes ou similares de colégios particulares e da rede municipal, teve como objetivo verificar o cumprimento da Lei Municipal nº 12.121/2010, que proíbe a venda de comidas de baixo teor nutritivo em ambiente escolar. Conforme o balanço divulgado ontem, foram lavrados dez autos, entre eles, nove de notificação e um de infração.

Os estabelecimentos autuados têm, a partir da data da ação, dez dias para se adequarem à legislação. Até o fim do período, no caso de reincidência, o Procon pode aplicar sanções como multas, interdição e cassação de alvará. O Procon não divulgou o número exato de instituições vistoriadas. Segundo a assessoria do órgão, o método utilizado pelos fiscais engloba visitas aleatórias, que acontecem de forma cíclica para que todas as escolas sejam visitadas até o fim do ano. No entanto, o Procon não informou a data da próxima ação.

Entre os dias 6 e 14 deste mês, as equipes abordaram não só os cuidados nutricionais, higiênicos e sanitários nestes estabelecimentos, mas condutas de caráter geral, como data de validade, condições de armazenamento e exposição à venda dos referidos produtos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?