Publicidade

15 de Dezembro de 2013 - 07:00

Exames dos três módulos seguem até terça-feira em 14 locais de JF, além de outras cidades de MG e do Rio

Por KELLY DINIZ

Compartilhar
 

As provas do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) da UFJF tiveram início neste domingo (15), às 14h, e vão até terça-feira, com 19.997 candidatos nos três módulos. Um aumento significativo de 37% no número de inscritos em relação ao ano passado, quando14.627 alunos participaram da seleção seriada. Para o Pism III, são 1.325 vagas disponibilizadas, sendo 1.099 para o campus local e 226 para Governador Valadares. Juiz de Fora conta com 14 locais de prova para atender os 16.190 inscritos que optaram por realizar o Pism no município. Os módulo I e II também terão provas aplicadas nas cidades de Conselheiro Lafaiete, Muriaé e Governador Valadares, em Minas Gerais, e Volta Redonda, no estado do Rio.

O diretor da Comissão Permanente de Seleção (Copese), José Maria Guerra, orienta aos candidatos a chegarem ao local de prova ao meio-dia e meia. Para realizar o exame, o aluno deve apresentar documento original com foto, como identidade, carteira de trabalho ou passaporte, não servindo cópias autenticadas. Quem tiver perdido os documentos, deve levar o Boletim de Ocorrência da PM. Guerra pede para que todos os candidatos leiam com atenção todo o edital.

Desde sexta-feira, a instituição está com balcões de atendimentos na Rodoviária, no Parque Halfeld, no Museu de Arte Murilo Mendes (Mamm), na Rua Halfeld esquina com a Avenida Getúlio Vargas e nas faculdades de Letras e Direito para orientar os candidatos. A Settra está disponibilizando 26 ônibus extras e 26 agentes para auxiliar no controle do tráfego. O horário com maior número de coletivos disponíveis será a partir das 11h.

A circulação na Cidade Alta terá algumas alterações. A Rua José Lourenço Kelmer estará funcionando em mão única no sentido UFJF/trevo do Jardim Casablanca. A Rua Lauro Teles de Mesquita terá sua mão invertida. Já as ruas Adolpho Kirchmaier, Virgulino João da Silva, Joaquim Caetano, Pedro Gerhein e José Almério Oliveira serão interditadas e servirão de estacionamento. A Polícia Militar estará com uma base comunitária móvel na Praça Cívica para registrar ocorrências e auxiliar no controle do tráfego.

 

Avaliações

A distribuição de provas do Pism I e II é semelhante. Hoje os candidatos responderão questões objetivas de todas as disciplinas. Os dias seguintes são reservados às avaliações discursivas (ver quadro). No caso do Pism III, a prova objetiva seguirá a mesma linha. As mudanças ocorrem nas questões discursivas. Por ser a última etapa do processo, o terceiro módulo direciona os conteúdos para as áreas escolhidas pelos inscritos.

Em caso de nervosismo durante a realização das questões, a psicóloga e consultora pessoal Glaucia Titonelli Rosa orienta controlar a respiração, tomar água, ir ao banheiro e dar uma descansada para voltar com a cabeça mais relaxada.

 

Eliminação

Algumas ações podem eliminar ou prejudicar a nota dos candidatos. Quem entrar no local de avaliação portando aparelhos eletrônicos, por exemplo, será excluído do programa (ver quadro). "Até mesmo fone de ouvido pode prejudicar o aluno", informa Guerra.

Após o início da aplicação da prova, o candidato deve permanecer no local por, no mínimo, uma hora e meia. Quem possuir cabelos compridos terá que mantê-los presos durante a realização dos exames, deixando as orelhas à vista. O material necessário para as provas, como lápis, caneta e borracha, será fornecido pela UFJF.

 

Vencer nervosismo e ansiedade

Se aproximando o horário das provas, é comum que os candidatos fiquem mais nervosos e ansiosos. Para que esses sentimentos não atrapalhem o aluno, a psicóloga e consultora pessoal Glaucia Titonelli Rosa orienta os estudantes a dormirem bem e comerem coisas leves. "Estudar de última hora pode deixar as pessoas mais ansiosas, o melhor a fazer é somente revisar o que já foi estudado."

A nutricionista Mary Gonçalves sugere aos candidatos a almoçarem por volta de 11h uma refeição completa e leve. "Arroz, feijão, uma carne grelhada e salada. Nada de feijoada e frituras ou comer muito." Ela explica que refeições pesadas demoram a ser digeridas e podem dar sono durante a prova.

O diretor da Comissão Permanente de Seleção (Copese), José Maria Guerra, aconselha levar barras de cereal e chocolates para comer durante as provas. "As pessoas ficam ansiosas, vão chegar cedo e ficar quatro horas realizando prova." A nutricionista concorda. "O candidato também pode levar frutas como maçã e pera, um sanduíche com pão integral, queijo e geleia para dar energia, biscoitos integrais e suco natural." Mary explica que produtos integrais ficam mais tempo no organismo, deixando o aluno satisfeito por mais tempo. "E é importante hidratar. Tem que levar uma garrafinha de água", alerta a nutricionista.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?