Publicidade

12 de Dezembro de 2013 - 17:55

Por Tribuna

Compartilhar
 

Quatro estabelecimentos comerciais do Centro de Juiz de Fora foram arrombados durante a madrugada desta quinta-feira (12). Um homem de 25 anos foi preso em um dos casos, mas não há informação se ele tem ligação com os outros três arrombamentos. O rapaz foi pego pela Polícia Militar por volta de 1h, após ser flagrado pelo porteiro da Galeria Bruno Barbosa, entre as ruas Halfeld e Marechal, tentando entrar em um restaurante. O trabalhador de 46 anos contou aos policiais que estava no terceiro andar da galeria, quando ouviu um barulho. Ao verificar a situação, viu o homem arrombando a porta do restaurante. Apesar de conseguir danificar a entrada, o suspeito fugiu quando foi percebido pelo porteiro. A PM foi acionada e conseguiu deter o homem, mesmo ele tendo trocado de roupa. Ele foi levado para a delegacia, mas o flagrante não teria sido ratificado pela Polícia Civil.

Por volta das 4h30, a PM foi novamente acionada. Dessa vez, as portas de duas lojas na Rua Halfeld, quase esquina com a avenida Rio Branco, estavam arrombadas. Em uma delas, onde funciona uma loja de acessórios, o vidro foi estourado. Do local foram levados R$ 350 em dinheiro. Da outra, roupas foram furtadas. Os proprietários dos dois estabelecimentos foram chamados e constataram os prejuízos.

O último caso de arrombamento foi percebido no início da manhã, pouco antes das 10h, em um salão de beleza na Galeria João Pedro Hallack, entre as ruas Marechal e Mister Moore. Uma funcionária de 26 anos chegava para trabalhar, quando percebeu que o caixa havia sido arrombado, sendo levados R$ 140. Segundo a mulher, o suspeito provavelmente entrou pelo basculante, que foi encontrado aberto. A perícia da Polícia Civil foi acionada em todos os casos, mas não compareceu ao salão, uma vez que a cena do crime já havia sido alterada. A 7ª Delegacia Distrital deve investigar os arrombamentos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?