Publicidade

28 de Abril de 2014 - 20:16

Por Tribuna

Compartilhar
 
Vistoria teve como objetivo identificar possíveis riscos para pessoas que utilizam cadeiras de rodas
Vistoria teve como objetivo identificar possíveis riscos para pessoas que utilizam cadeiras de rodas

As rampas de acesso às calçadas entre a Avenida Itamar Franco e a Rua Halfeld, no Centro, passaram nesta segunda-feira (28) por uma vistoria, que teve como objetivo identificar possíveis riscos para pessoas que utilizam cadeiras de rodas, de modo que possam ser corrigidos. Coordenada pelo vereador Isauro Calais (PMN), a ação reuniu representantes da Prefeitura e aconteceu na tarde desta segunda. "As rampas encontram-se nesta situação há anos, e, algumas delas, funcionam como obstáculos aos cadeirantes e não como acesso. As pessoas com deficiência deixam de ter tranquilidade e facilidade", destaca Isauro.

A vistoria foi proposta depois que a professora e cadeirante, Rita Petronilho, 43 anos, se acidentou, no começo do mês, enquanto acessava um ponto de ônibus na Avenida Rio Branco. "Depois da queda, fui à Câmara buscar os responsáveis e abri uma ação contra a Prefeitura. Tive risco de morte, e meu direito de ir e vir foi limitado. Me tornei cadeirante após um acidente e, desde então, passei a reivindicar a acessibilidade da cidade, que não existe."

A chefe do Departamento de Políticas para Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (DPCDH), Thaís Altomar, aponta que a necessidade de mudanças no passeios é visível para qualquer cidadão. "As dificuldades existem tanto para a autonomia e segurança do deficiente, como para pessoas que os ajudam a se locomover. Neste trajeto que realizamos, nenhuma das rampas está em conformidade com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), não obedecem a sinalização e estão desnivelada com o asfalto, tornando o acesso difícil."

Equipes da Settra e das secretaria de Obras e de Atividades Urbanas, além do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), acompanharam a vistoria.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você leva em consideração a escolaridade do candidato na hora de votar?