Publicidade

27 de Maio de 2014 - 19:01

Por Tribuna

Compartilhar
 
Encontro reuniu representantes das entidades envolvidas no projeto
Encontro reuniu representantes das entidades envolvidas no projeto

O relatório referente à vistoria de rampas de acesso aos passeios e travessias na Avenida Rio Branco, no trecho entre as ruas Barão de Cataguases e Antônio Carlos, foi entregue nesta terça-feira (27) ao prefeito Bruno Siqueira (PMDB), durante encontro aberto à imprensa, que reuniu representantes das entidades envolvidas no projeto. A obra para reforma e construção de rampas está orçada em R$ 70 mil, sendo que 30% do recurso será custeado por meio de emenda parlamentar do vereador Isauro Calais (PMN). No entanto, as intervenções ainda não têm data para começar.

O documento, segundo a chefe do Departamento de Políticas para Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (DPCDH), Thais Altomar, é resultado de quatro dias de vistorias nas vias centrais e do levantamento das necessidades apontadas por cidadãos com mobilidade reduzida, que incluem pessoas com deficiência e idosos. Os trabalhos tiveram início em 28 de abril e foram finalizados no último dia 22. "A proposta é dividir a obra em trechos, para que o andamento de cada um deles possa ser acompanhado por esta equipe intersetorial, formada pelas secretarias de Obras e Atividades Urbanas, Settra, Empav, Câmara Municipal e o DPCDH. Está prevista, ainda, a ampliação do projeto, para chegar aos bairros."

O vereador Isauro Calais reforça que a iniciativa, assim que executada, irá evitar a ocorrência de acidentes. "As rampas existentes hoje são verdadeiros obstáculos para estas pessoas. Durante o levantamento, percebemos que algumas delas não foram construídas da maneira correta e serão refeitas. As obras devem promover a independência das pessoas com deficiência."

O prefeito salientou que o relatório será analisado para que as obras comecem ainda neste ano. "Vamos usar este recurso (emenda parlamentar) e complementá-lo, para dar andamento às reformas das rampas dos pontos mais centrais aos bairros, assim como já estamos fazendo no Santa Luzia e no Manoel Honório."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?