Publicidade

30 de Janeiro de 2014 - 19:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

O Tribunal do Júri absolveu o homem de 31 anos que confessou ter matado Marcos Celso Damasceno dos Santos, 27, na madrugada do dia 6 de maio de 2013. A vítima foi esfaqueada no pescoço, no cruzamento da Avenida dos Andradas com a Rua Benjamin Constant, no Centro, e morreu no Hospital de Pronto Socorro (HPS). O réu reconheceu ter cometido o crime, mas a defesa sustentou que ele agiu em legítima defesa, após um desentendimento motivado por uma dívida de R$5 do comércio ilícito de entorpecentes. Na ocasião, o autor foi preso em flagrante e conduzido ao Ceresp, onde aguardou o julgamento, realizado nesta quinta-feira (30).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?