Publicidade

02 de Junho de 2014 - 21:21

Alça do viaduto Augusto Franco foi liberada nesta segunda-feira

Por Eduardo Valente

Compartilhar
 
Obras da Cesama ainda deixam lentos alguns trechos
Obras da Cesama ainda deixam lentos alguns trechos

O binário implantado na última sexta-feira na Avenida Brasil começa a sofrer uma série de alterações. O objetivo é minimizar os transtornos em áreas onde foram registradas retenções, melhorando a fluidez no tráfego. Nos últimos dias, foram reajustados os tempos semafóricos de quatro importantes cruzamentos e substituído um ponto de ônibus. Outra novidade é que, desde o início da noite desta segunda-feira (2), o trânsito está liberado na alça do Viaduto Augusto Franco para os motoristas que circulam na margem direita da Avenida Brasil e querem acessar a Avenida Itamar Franco, em direção ao São Mateus. A via estava fechada há cerca de um mês devido às obras de despoluição do Rio Paraibuna realizadas pela Cesama.

Os tempos dos semáforos foram reajustados nos cruzamentos das ruas Benjamin Constant com Garibaldi Campinhos, Benjamin Constant e Avenida Brasil (margem direita), Avenida Brasil com Carlos Otto e Avenida Brasil com Djalma de Carvalho. Já o ponto de ônibus alterado é o instalado em frente à Unidade Regional Leste, na margem esquerda. No lugar dele, outras duas áreas de parada foram criadas: uma após a Rua Carlos Otto e outra antes da Rua Djalma de Carvalho. Neste trecho, a Avenida Brasil está com o trânsito lento devido ao afunilamento da via causado pelas obras da Cesama. Outro trecho confuso é o da margem direita da Brasil, entre as pontes dos bairros Manoel Honório e do Ladeira.

 

Protesto no Vitorino

Ainda está complicado o trânsito nas estreitas vias do Bairro Vitorino Braga, como a Avenida Surerus e a Rua Trinta e Um de Maio. O local se tornou alternativa para os motoristas que seguem da região do Ladeira e querem acessar a margem direita do Rio Paraibuna. Com a constituição do binário, as únicas alternativas existentes são as ruas do bairro (até chegar na ponte da Benjamin Constant) ou retornando para o Bairro Mariano Procópio, em direção à Rua Antônio Lagrotta. De acordo com a Settra, o corpo técnico continua avaliando o sistema e os reflexos nas vias adjacentes. Além disso, estão ocorrendo conversas com moradores dos bairros afetados para explicar as adequações. Nesta segunda-feira, por volta das 16h, a população interditou a esquina da Rua Henrique Vaz com Avenida Surerus, em uma manifestação contra o trânsito pesado que vem sendo recebido no trecho. A Polícia Militar esteve no local às 17h30 e negociou com os manifestantes para a liberação do tráfego. Como consequência do protesto, vias da região central sofreram retenções.

 

Outra ponte

Segundo a assessoria de comunicação da Settra, a próxima obra do conjunto de intervenções será a construção de uma ponte sobre o Rio Paraibuna em frente à Rua Antônio Lagrotta, no Mariano Procópio, com expectativa de ter início ainda este mês, dependendo de adequações que estão sendo feitas no projeto original. A expectativa é que esta estrutura garanta a fluidez na região do Ladeira.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que campanha corpo-a-corpo ainda dá voto?