Publicidade

12 de Maio de 2014 - 21:14

Por Tribuna

Compartilhar
 

O suspeito de assassinar o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Vandir Domingos, passa por exames no Hospital de Toxicômanos em Juiz de Fora, no complexo presidiário, localizado no Bairro Linhares, Zona Leste.

Segundo a Secretaria Estadual de Defesa Social (Seds), ele está no hospital desde o dia 4 de abril e, no momento, aguarda resultado do laudo, com previsão de até 60 dias. Desde o final de janeiro, o suspeito estava no Ceresp, sendo então transferido para realizar uma bateria de exames, que atende a uma determinação da Justiça, a fim de averiguar se ele sofre de insanidade mental. De acordo com a Seds, é necessário aguardar a conclusão do laudo para determinar a continuidade do caso.

O assassinato ocorreu no dia 27 de janeiro, quando Vandir Domingos buscaria o seu veículo em um estacionamento na Rua Marechal Deodoro. O suspeito se entregou no fim da tarde do mesmo dia em que aconteceu o crime, assumindo a autoria.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da liberação da maconha para uso medicinal?