Publicidade

15 de Agosto de 2012 - 18:53

Suspeitos estavam atuando no tráfico de drogas da Zona da Mata e em uma cidade fluminense

Por Marcos Araújo

Compartilhar
 
Material foi encontrado dentro da casa de um dos suspeitos
Material foi encontrado dentro da casa de um dos suspeitos

*Corrigida às 19h25

Três suspeitos de envolvimento com o Primeiro Comando da Capital (PCC) foram presos pela Polícia Civil de Juiz de Fora, na madrugada desta quarta-feira(15). O trio, formado por dois homens e uma mulher, estava atuando no tráfico de drogas na Zona da Mata e em uma cidade fluminense. Os homens já estão no Ceresp, e a suspeita ficou detida na cadeia pública de Rio Preto. Eles foram capturados durante operação desencadeada por policiais da 1ª Delegacia Regional e comandada pela delegada titular do Núcleo de Ações Operacionais (Naop), Sheila Oliveira, e pelo delegado Márcio Savino, de Rio Preto, onde a ação foi concentrada. A manobra teve como objetivo combater o tráfico de drogas com o cumprimento de mandados de busca, apreensão e de prisão nos municípios de Santa Rita do Jacutinga, Santa Bárbara do Monte Verde, Rio Preto e Parapeúna (RJ).

  Em uma casa, em Rio Preto, os investigadores localizaram e apreenderam cerca de meio quilo de maconha, além de celulares e uma motocicleta. No imóvel, foi preso um homem de 47 anos, suspeito de comandar o tráfico na região. "Esta prisão era o alvo principal da ação, pois o suspeito está foragido do Estado do Rio de Janeiro, onde responde processo por vários crimes, inclusive homicídio. Ele apresentava documento falso para dificultar sua identificação pela polícia, mas as investigações viabilizaram sua prisão", afirmou Sheila Oliveira. O outro suspeito foi capturado em Santa Bárbara do Monte Verde, e a mulher, em Parapeúna. Os nomes do trio não foram divulgados.

  De acordo com o delegado Márcio Savino, o impedimento da entrada e do comércio da droga na cidade de Rio Preto era a meta mais importante."Nos últimos seis meses, já foram presos quase dez traficantes nessa região", destacou o policial. A ação contou com a participação de cerca de 20 policiais civis de Juiz de Fora e Rio Preto, além de policiais civis e um oficial de Justiça do município de Valença (RJ) e apoio do Canil do Ceresp de Juiz de Fora.
 

Tráfico interestadual

A operação de quarta foi uma continuidade das investigações do Naop que resultaram na apreensão de dois adolescentes e na prisão de duas pessoas, no Terminal Rodoviário Miguel Mansur, no Bairro São Dimas, no dia 25 de junho deste ano. Eles estavam com mais de 30kg de maconha e cerca de 1kg de crack. Na ocasião, uma adolescente, que atuava como "mula", desembarcou de um ônibus vindo de São Paulo, com o entorpecente. O trabalho de apuração apontou que os envolvidos nas duas ações criminosas seriam membros de uma mesma quadrilha que tem relação com o PCC de São Paulo. A facção criminosa seria responsável pelo fornecimento de drogas ao grupo. Segundo a Polícia Civil, dez pessoas que seriam integrantes do bando foram identificadas e sete já foram capturadas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprovou a seleção convocada por Dunga?