Publicidade

24 de Abril de 2014 - 20:06

Por Tribuna

Compartilhar
 
No local será construída a nova unidade de saúde
No local será construída a nova unidade de saúde

A construção da nova Unidade de Atenção Primária à Saúde (Uaps) do Dom Bosco começa a sair do papel. O processo de demolição da edificação que ocupava o terreno na Rua João Manata 93 foi concluído nesta semana. Os serviços tiveram início no dia 18, com a retirada de materiais leves pela Defesa Civil. Posteriormente, a Secretaria de Obras terminou a derrubada da estrutura e providenciou a limpeza da área. Foram removidos cem metros cúbicos de entulho, o que representa 20 caminhões. A construção da nova unidade de saúde acontece por meio de convênio entre a Prefeitura e Hospital Monte Sinai.

De acordo com a assessoria da Secretaria de Obras, o próximo passo é a marcação da topografia que dará início ao serviço de terraplanagem. O novo prédio, com dois pavimentos, está orçado em cerca de R$ 1,42 milhão e será construído em uma área de 470 metros quadrados. Além dos serviços básicos já oferecidos, a nova edificação será incluída no programa Estratégia Saúde da Família, que terá três equipes formadas por médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

De acordo com o diretor administrativo do Monte Sinai, Ricardo Campello, no momento, está em andamento a licitação para a escolha da construtora responsável pela obra. "Nossa intenção é começar (a construção) o mais rápido possível e finalizar os serviços em até um ano, no máximo. Se possível, entregaremos antes", declarou. Enquanto a nova unidade está sendo construída, os serviços de atendimento básico estão sendo oferecidos em um imóvel alugado pela Prefeitura na Rua Belo Vale 85, no mesmo bairro.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?