Publicidade

07 de Abril de 2014 - 20:52

Por Tribuna

Compartilhar
 

Três das cinco farmácias de manipulação vistoriadas nesta segunda-feira (7) foram interditadas, total ou parcialmente, em ação conjunta entre Vigilância Sanitária municipal, estadual, Ministério Público e Polícia Civil. De acordo com o chefe do Departamento de Vigilância Sanitária Municipal, Lucas França, proprietários de dois estabelecimentos foram encaminhados para prestar esclarecimentos na delegacia devido à suspeita de comercialização de medicamentos de controle especial sem receita. Em Juiz de Fora, há 43 estabelecimentos do setor. A previsão é de que dez estabelecimentos sejam fiscalizados até o final desta semana. Estão atuando cinco equipes compostas por três autoridades sanitárias cada.

Segundo Lucas, os principais quesitos fiscalizados estão relacionados com a segurança do produto, a qualidade da matéria-prima, o fluxo de produção e a estrutura física. O promotor de Defesa da Saúde, Rodrigo Barros, enfatiza que a comercialização de alguns produtos oferece riscos potenciais para a saúde da população. "Encontramos itens utilizados como matéria-prima vencidos. Muitas vezes, o produto oferecido piora o estado de saúde ou cria outra patologia no usuário. Há necessidade de um controle mais rigoroso dessas farmácias."

A operação partiu da constatação, por parte do Ministério Público, da deficiência na fiscalização realizada pela Vigilância Sanitária Municipal. "Há estabelecimentos com alvará válido e que estão completamente irregulares", conta Rodrigo. Ele ainda afirma que há déficit de efetivo. Lucas conta que são cinco farmacêuticos realizando a fiscalização dos pontos que possuem dispensação de medicamentos, sendo dois efetivos e três contratados. O promotor ressalta ainda a necessidade de maior efetivação desses profissionais. "Os contratos prejudicam a qualidade do serviço, pois há grande rotatividade no setor."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?