JF. quinta-feira 25 mai 2017
OUÇA AGORA
Publicidade
18 de maio de 2017 - 10:58

Comarca de Mar de Espanha ganha unidade do Centro Judiciário de Solução de Conflitos

Por Tribuna

Incentivar a cultura do diálogo, contribuir para a pacificação social e estimular as formas autocompositivas na solução de conflitos. Esses são alguns dos objetivos do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), que ganhou mais uma unidade em Minas nesta quarta-feira (17). Desta vez, a comarca contemplada foi a de Mar de Espanha, na Zona da Mata.

“Esperamos que, com nosso empenho e o esforço de adequação da estrutura a partir de agora oferecida, o Judiciário possa alcançar a melhoria de sua eficiência, otimizando a utilização dos recursos materiais e humanos disponíveis para o atendimento aos legítimos anseios da sociedade em que se encontra inserido”, disse diretor do foro e coordenador do Cejusc, juiz Saulo de Freitas Carvalho Filho.

Cejuscs são unidades da Justiça mineira que concentram as audiências e as sessões de conciliação e mediação, processuais e pré-processuais, e também o setor de cidadania. Com o Cejusc, a população passa a ter à disposição um espaço onde pode solucionar situações diversas, discutindo-as com aqueles diretamente envolvidos. Impasses com empresas e pessoas podem resultar em acordos sem ajuizamento de ações. Nos casos em que já existe processo, é possível conciliar e ter um desenlace rápido. Problemas entre pessoas que possuem algum tipo de vínculo – ex-cônjuges, vizinhos e parentes, por exemplo – podem ser atendidos pela mediação, quando um terceiro capacitado ajuda as partes a chegar a um entendimento. Também são oferecidas orientações gerais sobre serviços públicos e obtenção de documentos, no setor de cidadania.

Publicidade


*

Restam 500 digitos

 

Top