Publicidade

22 de Junho de 2014 - 06:00

Por LILIANE TUROLLA

Compartilhar
 
Brasileiros que torcem pela Argentina fizeram a festa ontem em um bar no Alto dos Passos
Brasileiros que torcem pela Argentina fizeram a festa ontem em um bar no Alto dos Passos

Não eram argentinos! Quem passou pelo Bairro Alto dos Passos ontem, entre 13h e 16h, pode ver camisas listradas de branco e azul-celeste sendo exibidas com muito orgulho em um dos principais redutos de torcedores da Seleção Brasileira em Juiz de Fora. Sim, eram camisas da Argentina. Mas camisas da Argentina vestidas por brasileiros. Ou melhor, "brargentinos", como eles se definem. O grupo, com cerca de 30 torcedores, a maioria médicos, se reuniu em um bar na Rua Severiano Sarmento para assistir a seleção vizinha jogar contra o Irã. Além de um pequeno rádio tocando gritos de guerra, muita cerveja animava a incomum torcida.

Desde 2010, os brargentinos se encontram para ver os hermanos em campo. A concentração, que antes acontecia em um bar do Bairro São Mateus, precisou mudar de endereço para receber novos seguidores e ganhar "mais destaque". O motivo da torcida pela Argentina? "Um protesto social-esportivo", afirma o médico Guilherme Henrique, 38 anos. "Os argentinos têm mais raça, mais amor pelo país deles, é um povo que luta por seus direitos. Aqui no Brasil não é assim, até tem protesto, mas acaba ficando do mesmo jeito." A atitude é, também, uma espécie de renúncia à Seleção Brasileira. "Aqui o futebol é muito mercenário, é tudo pelo dinheiro."

Sobre o 1 a 0 em cima dos iranianos, conquistado aos 46 minutos do segundo tempo, o médico Luiz Dellano Andrade, 40 anos, responde, após beijar o escudo da camisa albiceleste, "Foi sofrido, mas estamos com duas vitórias, melhor do que o Brasil", sendo logo interrompido pelo coro: "Messi é melhor do que o Pelé, Messi é melhor do que o Pelé!". O que eles pensam sobre Neymar é impublicável, mas e se a final for Brasil x Argentina? Um play no radinho foi a resposta: "Dale, dale Argentina!".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?