Publicidade

06 de Junho de 2014 - 06:00

Por RENATO SALLES

Compartilhar
 

 

Para o filho que não nasceu

Filho, escrevo para você aqui do passado, quando você nem havia nascido. Isso, garoto, escrevo desse ano de 2014, quando vi pela primeira vez a Seleção Brasileira atuando ao vivo em uma Copa, lá no estádio do nosso Timão, que muitos cismam em menosprezar. Você consegue imaginar isso? E a decisão de assistir à Copa 'in loco' foi quase um ato de coragem. A sensação era de que o Brasil - o país, filho, não a Seleção - poderia entrar em ebulição a qualquer momento. Há um clima de insatisfação com a corrupção descarada que rola por aqui. Por isso, muitos demonizam a Copa como se ela fosse a única culpada pelos desmandos da política brasileira.

A certeza é de que muitos são contra a Copa. De certa forma, o papai até concorda com esse clamor. Quero um país melhor para você. Fico indignado com a ingerência da Fifa sobre o Estado. Também me incomoda saber que as obras estruturantes que a gente acreditava que já teriam saído do papel às vésperas do Mundial encalharam. Aliás, será que você já viajou de trem-bala? Apesar de tudo isso, a paixão pela bola falou mais alto, filho. Fiz algumas loucuras por ingressos. Não me arrependo. Penso que posso lutar por um país melhor - tentando sempre ser uma pessoa e um pai melhor -, porém também posso deixar que o futebol me aliene um pouco. Sabe como é, a gente precisa ser um pouco bobo para ser feliz. Afinal, não é este evento que vai fazer do Brasil um país melhor ou pior.

Por que papai está contando tudo isso? Para te mostrar que a coisa no Brasil está feia desde sempre. Entra governo, sai governo, trocam-se os partidos e o trabalhador continua com o orçamento apertado. É por isso que não posso comprar essa camisa oficial do Brasil para você assistir à Copa de 2034. Mas, senta aqui, pelo menos posso falar como é ver um Mundial de perto...

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprova o retorno de Dunga para o comando da Seleção Brasileira?