Publicidade

11 de Junho de 2014 - 07:00

Por Nathani Paiva

Compartilhar
 

O clima da Copa do Mundo finalmente é predominante em algumas ruas de Juiz de Fora. Na Aladim Silva, no Bairro Retiro, região Sudeste da cidade, um grupo de moradores preparou uma decoração especial. Além de enfeitarem a via com as tradicionais bandeirinhas nas cores da bandeira nacional, eles também pintaram o escadão que dá acesso à Rua José Augusto de Araújo. A decoração começou a ser feita na última sexta-feira, e nesta terça-feira (10) os últimos reparos ainda estavam sendo feitos. Para comprar enfeites, tintas e outros materiais, cada morador colaborou com R$ 7. Depois de tudo pronto, a dona de casa Luciana Priamo, 42 anos, disse estar ansiosa para ver a bola rolar. "Se o Brasil chegar à final quero colocar uma televisão na rua para assistirmos juntos o último jogo", contou.

Com as mão sujas de tinta e aparentemente cansada, a costureira Mariluce Fátima Galheiro, 61, comentou estar satisfeita com todo o trabalho realizado. "Pintamos o escadão, postes, algumas árvores e colocamos as bandeirinhas. É cansativo, mas valeu muito a pena. É como se estivéssemos respirando o Mundial. Agora é com eles. Perdendo ou ganhando, a festa é nossa", frisou. A aposentada Conceição Miranda, 75, não ficou de fora e ajudou a cortar as bandeirinhas. "Ninguém leva essa taça embora daqui", brincou.

 

Ícones

O Fuleco, mascote da Copa do Mundo, e a Brazuca - nome dado à bola que será utilizada no torneio - são as principais pinturas no asfalto da Rua Doutor Murilo de Andrade Abreu, no Bairro JK. A estampadora Silvana Mara de Castro, 42, é a responsável pela organização do mutirão de decoração. "Sempre morei nesse bairro, e todos os anos de Copa do Mundo a rua está enfeitada. Também vamos fazer uma festa junina com o tema do Mundial. O evento começa nessa quinta e termina no domingo. Além disso, perdendo ou ganhando, fazemos uma grande festa durante e depois dos jogos do Brasil. "Silvana ressaltou que toda a decoração foi feita de acordo com as regras da legislação municipal, que exige o uso de tinta à base de água e lavável nas pinturas e desenhos.

As principais vias do Bairro Santa Cândida também estão enfeitadas com bandeirinhas e pinturas nas cores da Seleção Canarinho. A decoração da Pedro Paulo Vieira foi encabeçada pela estudante Gabriela Cristina, 17. "Algumas pessoas começaram a pintar a rua de cima (Jorge Raimundo). Ficou muito bonito e por isso resolvi fazer aqui. Até quinta-feira acabo de decorar a outra parte. Muita gente está elogiando. Esta também foi uma forma de deixar nosso bairro mais colorido e alegre."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a Justiça agiu corretamente ao permitir, por habeas-corpus, a soltura dos ativistas presos durante a Copa?