Publicidade

13 de Março de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Para Rômulo César, a arte representa um recomeço. "Tenho que voltar a fazer algo por mim. Ela me revigora", reflete o artista juiz-forano, que escolheu este momento para voltar a exibir suas criações ao público, depois de um hiato de cinco anos. Afastado das galerias desde 2008, quando expôs em Itaipava, Rio de Janeiro, ele abre a mostra "Emaranhados", composta por cerca de 40 peças, hoje, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas. Os materiais utilizados para a confecção de esculturas, objetos de decoração e utilitários são resina, reciclados e arame. "É uma mistura de ideias", sintetiza. Enquanto não se dedicava às exposições de suas obras, Rômulo fez trabalhos em pátina.

EMARANHADOS. Em cartaz até

6 de abril, no CCBM (Av.Getúlio Vargas 200). De terça a sexta, das 9h

às 21h, sábados e domingos,

das 10h às 21h, no CCBM (Av. Getúlio Vargas 200). Até 30 de março.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?