Publicidade

11 de Junho de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
'Eu, mamãe e os meninos' discute sexualidade por meio da história de um homem criado como mulher

Entrou em cartaz ontem no Palace o filme "Eu, mamãe e os meninos", baseado na própria história de vida do diretor francês Guillaume Gallienne, que também é protagonista do longa. Quando criança, sua mãe autoritária sempre pensou que ele fosse diferente de seus dois irmãos e decidiu criá-lo como uma garota, o que é expresso por meio de frases como: "Meninos e Guillaume, o jantar está na mesa !" Anos depois, já adulto, ele relata a relação complicada que tinha com o pai, os maus-tratos dos colegas de escola e seus primeiros e conturbados amores. Depois de várias confusões, tratadas com muito bom humor, Guillaume decide fazer uma peça de teatro para contar como finalmente fez as pazes com a sua sexualidade. O filme foi um dos selecionados para o festival Quinzena dos Realizadores 2013 e fez parte da programação do último Festival Varilux de Cinema Francês em todo o país.

"EU, MAMÃE E OS MENINOS". Palace 1: 18h e 22h. Classificação: 12 anos

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?