Publicidade

08 de Janeiro de 2014 - 17:59

Ministrinho é homenageado na logomarca da festa que começará em 20 de fevereiro

Por Marisa Loures

Compartilhar
 
Ministrinho é homenageado na logomarca da festa
Ministrinho é homenageado na logomarca da festa

Atualizada às 11h41 do dia 09/01/14

Bigode, óculos e seu inseparável cavaquinho. Afiado na arte de compor, o instrumentista e cantor Armando Toschi, o Ministrinho, que, em 2014, é homenageado por seu centenário de nascimento, será lembrado no carnaval da cidade. Os elementos que lembram a figura lendária do município serviu de inspiração para a logomarca da Folia de Momo, lançada ontem durante coletiva com a presença do prefeito, Bruno Siqueira, o vice-prefeito, Sérgio Rodrigues, e o superintendente da Funalfa, Toninho Dutra. No encontro, foi anunciado que a programação da festa começa no dia 20 de fevereiro, com show, seguido de desfiles das Escolas de Samba (22 e 23) e do Corredor da Folia, com várias atrações ainda não confirmadas. Serão dez dias de festa, encerrada com a Banda Daki, no dia 1º de março (sábado). 

Apesar de cinco quadras de escolas de samba estarem ainda interditadas - Real Grandeza, Juventude Imperial, Vale do Paraibuna, Rivais da Primavera e Mocidade do Progresso -, a expectativa é de que a agenda de atividades faça valer o conceito de "mais carnaval", prenunciado para este ano. A meta é ir para a avenida atrás de "mais folia, mais diversão e mais alegria". "Que em 2014 possamos resolver problemas ainda existentes de anos anteriores. Vamos continuar apoiando a festa, visando mais segurança", afirma Bruno. "Com  antecipação, teremos mais possibilidades de eliminar a concorrência de outras regiões, e as pessoas de fora poderão se divertir", diz o prefeito. 

Se o calendário já foi definido, o mesmo ainda não se pode dizer do nome das atrações. "Ainda precisamos de algumas confirmações para fazer as contratações, mas vamos ter surpresas", promete Bruno. A abertura começa com um show, no dia 20, seguido de apresentações de agremiações mirins (21 de fevereiro). Conforme já foi divulgado, somente dois dias serão dedicados ao desfiles de 12 escolas de samba, sendo cinco do grupo A, seis do B e uma do C. Não haverá apresentação das campeãs. Antes das agremiações, os blocos Come Quieto e Parangolé Valvulado tomarão conta das ruas da cidade, apresentando-se nos mesmos dias dos anos anteriores, sábado e domingo antes da folia oficial.

Já consolidado no município, o Corredor da Folia não podia ficar de fora da programação. Entre os dias 24 e 27 de fevereiro, às 20h30, o endereço da festa é a Praça Antônio Carlos, que será palco de shows. Mais cedo, às 19h30, e se estendendo até o dia 28, blocos já conhecidos do público farão a alegria dos foliões no Parque Halfeld. A Banda Daki, que, normalmente, dá as boas-vindas ao carnaval, será responsável pelo encerramento, no dia 1º de março. "Mas continuamos com as atividades nos bairros", observa Toninho, fazendo referência ao carnaval de Benfica. A Zona Norte ficará em festa até 4 de março.

R$ 2 milhões para a festa

Segundo Toninho, a verba destinada para o carnaval de 2014 é de R$ 2 milhões. "Está próximo ao que foi gasto em 2013. Não tem como dar mais apoio, porque a arrecadação da Prefeitura não aumentou. Mas esse valor é significativo dentro do orçamento cultural da cidade", diz o superintendente, adiantando que a montagem da passarela, no trecho que compreende a ponte do Bairro Santa Terezinha e a ponte do Manoel Honório, começará no próximo dia 21. "Fizemos algumas intervenções no local para preparar o espaço que, hoje, se configura como o melhor para o carnaval da cidade", assegura Toninho. 

Na semana passada, foram liberados R$ 150 mil para as agremiações. Outros R$ 90 mil estarão disponíveis nos próximos dias, e R$ 10 mil, para a festa da escolha da Rainha do Carnaval, que será realizada, neste sábado, na quadra da Escola Turunas do Riachuelo.

Segundo Fernando Luiz  Baldioti, o Baleia, diretor de comunicação da Liga das Escolas de Samba de Juiz de Fora (Liesjuf), os ensaios já começaram. "Estar com as quadras fechadas prejudicou, mas o sambista é guerreiro. Um vai ajudando o outro. As baterias terão que ensaiar nas ruas", comenta Baleia. "A antecipação causará mais interação", complementa o assessor, que é endossado por Toninho Dutra. "O desfile está sendo feito de maneira lúdica, com muito esforço. O objetivo é não perder a tradição. Que façamos a antecipação para gerar lucros para o município", ressalta o superintendente. Os preços dos ingressos ainda não foram definidos, mas, de acordo com Toninho, não devem ser muito diferentes dos praticados em 2013.

Memória reverenciada

O responsável por inspirar a festa de Momo será reverenciado pelos próximos 12 meses. De acordo com Toninho, estão previstos três exposições para o Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, shows de nomes do samba local, como Márcio Gomes, Roger Resende e Carlos Fernando Cunha e lançamento de filme.  O juiz-forano, nascido em 4 de maio, foi o fundador da Escola de Samba Turunas do Riachuelo. A logomarca, em tons rosa, verde e azul, será estampada em todo o material da folia. A escolha tem como objetivo preservar a memória do samba e do compositor, que, durante anos, contribuiu com a folia local. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?