Publicidade

27 de Junho de 2014 - 06:00

Por JÚLIO BLACK

Compartilhar
 
Homenagem a Jorge Ben Jor é o barato que move os integrantes do Sonsual Família Real
Homenagem a Jorge Ben Jor é o barato que move os integrantes do Sonsual Família Real

Vestidos com as roupas, as armas e as músicas de Jorge Ben Jor, o grupo Sonsual Família Real, de Volta Redonda, se apresenta na noite deste sábado no Bar da Fábrica, a partir das 23h, repaginando as músicas do "Babulina" em um tributo a um dos grandes nomes da MPB. Além do suingue e da simpatia dos rapazes do Sul Fluminense, a noite também terá a participação do coletivo Vinil é Arte, formado por seis DJs e pesquisadores musicais do eixo Rio-São Paulo-Minas Gerais, incentivadores do vinil . Representante do movimento, Pedro Paiva deve levar parte do acervo de 20 mil discos do grupo para sua apresentação.

Um dos integrantes do Sonsual, Pablo Duca conta que o projeto é formado pelo pessoal do grupo Amplexos e da dupla Beatbass High Tech, do qual faz parte ao lado de Raphael Garcêz com sua mistura de música afro-brasileira, jamaicana, hip-hop e rock. A ideia de se formar uma banda em homenagem ao autor de clássicos como "Taj Mahal" surgiu, de acordo com ele, do fato de que toda a obra de Jorge Ben Jor dialogava com os dois projetos. "Quando vimos a possibilidade de fazer uma releitura das canções dele com as nossas outras referências (rap, raggae/dub) montamos o trabalho, e estamos nos divertindo muito", afirmou, acrescentando que o suingue presente nos originais permanece. "É impossível deixar o sacolejo de lado quando se trata de Jorge Ben Jor. Algumas canções continuam bem próximas das versões originais, contudo, uma mexida em um arranjo, um ritmo colocado com mais intensidade em um ponto específico agregam muito ao balanço."

Como se trata de um artista com mais de 50 anos de carreira ("Samba esquema novo", seu álbum de estreia, é de 1963), nem todas as fases do cantor carioca estão presentes, mas quem for ao show pode conferir as releituras de "O homem da gravata florida", "Hermes Trismegisto", "Menina mulher da pele preta ", "O namorado da viúva", entre outras, com algumas roupagens ainda mais diversas do original. "'O namorado da viúva' ganha uma versão mais latina, com aquele suingue caribenho, já 'O homem da gravata florida' flerta com o dub jamaicano", adianta.

Colocando cabeça, tronco e membros para trabalhar em nome da música há pelo menos 20 anos em grupos como Wendy Elizabeth, Speedy Gonzales e The Invisibles, Pablo já esteve em Juiz de Fora na virada do milênio com os Invisibles. A cidade também é conhecida pela galera do Amplexos, que tem quase dez anos de estrada e dois álbuns independentes lançados. Segundo o percussionista Leandro Tolentino, eles já estiveram por aqui em pelo menos quatro oportunidades, sendo esta a primeira com o Sonsual. "Acho que a maior influência do Jorge Ben Jor no som da gente, como de outros grupos e pessoas, é a importância da fixação do groove. Participar do projeto com o pessoal do Beatbass é muito bom, são músicos que admiramos e que vêm fazendo história em Volta Redonda. Muitos da Amplexos participam da formação da banda do Pablo e do Raphael", acrescenta.

 

Praticamente relegado ao esquecimento há menos de duas décadas, o vinil vem retornando com força total. E um dos defensores de que as bolachinhas pretas com um buraco no meio ainda têm o poder é o coletivo Vinil é Arte, formado em 2011 em Juiz de Fora e que hoje conta com seis DJs, com núcleos formados na cidade, em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. No trabalho de pesquisa musical, reproduzem nos eventos apenas discos analógicos de música brasileira, não importa a época. Um dos integrantes do movimento, Pedro Paiva antecipa o que vai rolar em seu set: a nova geração do nosso país tropical, com Criolo, Emicida, Curumin, Anelis Assumpção, Russo Passapusso. "Quero priorizar música contemporânea lançada em vinil, divulgar os selos pequenos que batalham para lançar artistas no formato."

 

SONSUAL FAMÍLIA REAL E VINIL É ARTE

 

Neste Sábado (28), a partir das 23h

 

Bar da Fábrica

(Praça Antônio Carlos - Centro)

 

 

 

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?