Publicidade

26 de Fevereiro de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
Artista expõe serigrafias no Mamm
Artista expõe serigrafias no Mamm

Considerada a artista brasileira viva mais cara do país, Beatriz Milhazes assina a exposição "Um itinerário gráfico", em cartaz até amanhã, no Museu de Arte Murilo Mendes (Mamm). O trabalho é composto por nove serigrafias produzidas entre 1996 e 2003 exclusivamente para o Sesc. Além disso, o visitante pode visualizar, em suporte touchscreen, as páginas de seu livro-obra "Meu bem", com apenas 38 exemplares numerados. Em suas criações ancoradas na abstração geométrica, a pintora reúne influências de crochê, rendas, flores, trepadeiras, colares e arabescos. O quadro de Beatriz, cujo título é "Meu limão", de 2000, foi vendido em um leilão na Sotheby's, de Londres, por US$ 2,1 milhões. A artista carioca está entre os nomes que figuraram na mostra "Como vai você, geração 80?", de 1984, sendo uma das expoentes do Parque Lage, escola de artes do Jardim Botânico, Rio de Janeiro. Suas obras estão presentes em importantes coleções, como o MoMa e o Metropolitan, de Nova York, e o Reina Sophia, de Madri.

BEATRIZ MILHAZES - UM ITINERÁRIO GRÁFICO. Em cartaz até amanhã, das 9h às 18h, no Mamm (Rua Benjamin Constant 790)

 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?