Publicidade

10 de Maio de 2014 - 06:00

Bar Dias, do Eldorado, é grande campeão do Comida di Buteco 2014, com prato à base de língua bovina

Por JÚLIA PESSÔA

Compartilhar
 

Se nas crendices e sermões de mães e avós, dar a língua às pessoas é um ato repreensível, o vencedor do Comida di Buteco em Juiz de Fora veio provar o contrário. Feito com língua bovina, iguaria típica de botequim - ainda que muitos caiam na besteira de resistir a prová-la -, o prato "Nóis é jeca mais é joia", do Bar Dias, levou a premiação principal do concurso. Tradicional no boteco, que fica no Eldorado, na versão da disputa a suculenta língua é recheada com bacon e servida com batatinhas cozidas e douradas. Confira a receita dos três primeiros colocados na competição, anunciados na última quinta, na Saideira do concurso.

Para Francisco de Paula, dono do Bar Dias, a vitória foi inesperada, mas muito bem-vinda e comemorada. Na divulgação do resultado, toda a equipe subiu ao palco para receber o prêmio, e a festa continuou no Eldorado, onde os clientes e amigos já esperavam os campeões para celebrar o título. "Estamos muito felizes e motivados para o próximo ano. A saída do prato foi muito boa. Em duas semanas de concurso, chegamos a vender cerca de 400 línguas, o que dá quase 500kg de carne, é muita coisa", conta Francisco sobre a iguaria campeã, preparada cuidadosamente pela mãe, Dona Ana, que comanda a cozinha no Bar Dias.

Estreando no Comida di Buteco com maestria, o Empório do Sabor, do Bairro de Lourdes abocanhou o segundo lugar, com a deliciosa "Costela à moda Empório". No prato, a costelinha suína é confeitada com ervas, acompanhada por farofa de pequi com couve e servida com surpreendente molho de cachaça, rapadura e limão. A terceira posição ficou com um boteco tradicional da cidade, o Bar do Totonho, com o "Trio campeão", que reúne linguiça caipira, torresmão e mandioca enrolada com bacon.

Na categoria "Desafio Doritos", em que os participantes criaram petiscos que levassem o nacho da Elma Chips, quem levou a melhor foi o Bar do Bené, recebendo R$ 1.500 do patrocinador pelo "Ragu de peito com guacamole", feito com peito bovino desfiado acrescido de pimentões, tomate e especiarias e servido com Doritos e guacamole, a típica iguaria mexicana à base de abacate. O Bar do Chinelato ganhou um prêmio especial da Bohemia, correspondente a R$ 1.500 em benfeitorias para o estabelecimento, por ter atingido o maior índice de crescimento na venda da bebida em relação ao primeiro trimestre, 600%.

Na edição de 2014, o Comida di Buteco teve 15 concorrentes em Juiz de Fora, e o concurso foi de 11 a 28 de abril. Neste período, o público e um júri especializado avaliaram não só os petiscos, mas também a higiene do estabelecimento, o atendimento e a temperatura da bebida. Todo o processo de apuração foi feito pela Vox Populi, e a nota de cada bar foi resultado de uma média obtida na proporção de 50% para as notas dos jurados e 50% para a pontuação da clientela. Neste ano, os pratos não precisaram ser baseados em um ingrediente específico como nas outras edições.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?