Publicidade

08 de Março de 2014 - 06:00

CCBM divulga selecionados para galerias e sala de encenação

Por JÚLIA PESSOA

Compartilhar
 
"Estranho farol dos cacos", de Licya Benatti, está entre as peças selecionadas
"Estranho farol dos cacos", de Licya Benatti, está entre as peças selecionadas

O Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM) divulgou ontem os projetos aprovados no edital de ocupação da sala de encenação e das galerias de arte da casa. De acordo com a administração do espaço, uma reunião será realizada na semana que vem para a definição das datas de apresentação de cada iniciativa, já que houve coincidência na solicitação do mesmo período por muitos dos proponentes. Ao todo, o CCBM recebeu 53 propostas, das quais 40 foram aprovadas. Dentre estas, 16 serão destinadas às galerias e 24 à sala de encenação.

Os projetos foram avaliados por duas comissões formadas, cada, por dois representantes da Prefeitura de Juiz de Fora e três da classe artística indicados por membros do Conselho Municipal de Cultura (Concult). "Cada comissão realizou reuniões para análise dos projetos e utilizou cinco pontos como critérios de avaliação: qualidade do projeto, qualificação da equipe, inovação, viabilidade técnica e formação de público", explica o diretor do CCBM, Zezinho Mancini. "O resultado final conta com os mais bem pontuados nestes quesitos (não precisando necessariamente pontuar em todos eles), e também foi levada em consideração a capacidade da agenda do CCBM para abrigar as produções", completa o diretor.

Ainda conforme Zezinho, houve um esforço em democratizar o acesso aos espaços, com a aprovação de mais projetos, e, por isso, as datas ainda não foram divulgadas. "Mesmo depois da reunião da semana que vem, alguns artistas podem ficar insatisfeitos com o nosso cronograma, e, então, tentaremos fazer um novo encaixe, também de maneira democrática, com o aval de todos os proponentes."


Diversas expressões artísticas

Entre as exposições estão "Peregrinos - os pés", da artista plástica Ropre, que estará em cartaz também no Pró-Música a partir do dia 10; "Orixás: Deuses de nossa terra", de Frederico Marcelo Crochet; "Juiz de Fora - em ângulos e recortes", de Wellerson Cassimiro de Oliveira; "Lucaricaturas", de Luciana Freesz; "Noturnas", de Leandro Castro de Souza; "Espelhos do tempo", de Tomyo Costa Ito; Mostra de patchwork e quilting, do grupo Carinho em Retalhos; "Contaê na Peri", de Cíntia Brugiolo; "Máquinas de ver", de Cristiano Rodrigues; "Práticas sustentáveis", de Wagner Willians de Souza; "Bombeiros-brinquedos em miniaturas", de Marcos Moreira Santiago; "(DES)construção em arte", da Trabalharte - Associação Pró-saúde mental; "Festadodivino.com, outro olhar", de Leandro Thees Gouvêa; "O quarto do artista em Arles", de Rafael Fernandes de Carvalho; "Jardim das Delícias", de Paulo Mendes Faria; e "Fábrica de sons", de Fred Fonseca, que também teve um projeto musical, "A trinca", selecionado pelo edital. Também levando música ao CCBM, Uiaua Leigo foi selecionada com "Meu canto é segredo"; o produtor Adriano Polisseni realiza mais uma edição do Festival de Bandas Novas; João Baptista Pereira apresenta "Chega de saudade"; a Associação Juiz-forana de Hip Hop fará o evento "Batendo de frente"; Ana Carolina Pires faz o festival "Jazz de Montanha" e Davi Ferreira, que também aprovou uma coletânea audiovisual, realiza o festival de música "Aos Berros".

Três espetáculos de dança estão entre os selecionados: o encerramento do curso de formação em folclore árabe, da proponente Nilza Leão; "Esquinas", de Bruno Narciso e "Duo em solos", de Fabrício Sereno, que mescla teatro e dança. Já as montagens teatrais contempladas foram: "O palhaço e a bailarina", de Fabricio Sereno; "Uma Pátria que eu tenho", de José Eduardo Arcuri; "Alguma coisa você tem", de Gustavo Burla; "Estranho farol dos cacos", de Licya Benatti; "Estação dos passageiros invisíveis", de Bruno Quiossa; "Sete minutos", de Cristiano Fernandes; "Dom Chicote Mula Manca", de Gustavo Demetrius; "Histórias divertidas", do grupo Estação Palco; "Casa dos espelhos", de Hussan Fadel; "O Kabarett de Sinasi Dikmen", de Caroline Brandão e "O tempo e os Conways", da Casa da Gávea (RJ). O CCBM receberá, ainda, eventos de cultura japonesa/nerd/geek, propostos por Priscila Ribeiro e a feira "Digestivo autoral", inscrita por Kadu Mauad.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o resultado do PIB nos dois últimos trimestres vai interferir no resultado das eleições?