Publicidade

16 de Abril de 2014 - 18:30

O drama "Hoje eu quero voltar sozinho" e as comédias "Copa de elite" e "Julio sumiu" se juntam à ficção científica norte-americana "Divergente"

Por Tribuna

Compartilhar
 

 

 

Atualizada em 17 de abril de 2014, às 16h09

Hoje eu quero voltar sozinho

Três filmes nacionais são boas opções para os juiz-foranos que não vão viajar no feriado da Semana Santa. As comédias "Copa de elite" e "Julio sumiu", além do drama "Hoje eu quero voltar sozinho", representam o cinema brasileiro nas estreias desta quinta-feira (17). A ficção científica hollywoodiana "Divergente" completa a lista de filmes que chegam aos cinemas amanhã.

Um dos longas mais comentados pela crítica brasileira atualmente, "Hoje eu quero voltar sozinho" conta a história de Leonardo (Guilherme Lobo), um adolescente cego que, como qualquer jovem, está em busca de seu lugar. Desejando ser mais independente, precisa lidar com suas limitações e a superproteção da mãe. Para decepção de sua inseparável melhor amiga, Giovana (Tess Amorim), ele planeja libertar-se de seu cotidiano fazendo uma viagem de intercâmbio. Porém a chegada de Gabriel, um novo aluno na escola, desperta sentimentos até então desconhecidos em Leonardo, fazendo-o redescobrir sua maneira de ver o mundo e sua sexualidade. O filme retoma a história do curta-metragem 'Eu não quero voltar sozinho', de 2010, do mesmo diretor, Daniel Ribeiro. O longa foi premiado no Festival de Berlim com o Teddy de melhor filme de temática LGBT.

Palace 1: 18h. Classificação:12 anos.

 

'Copa de elite'

Copa de Elite 

Filmes que fazem paródias do próprio cinema não são novidades, principalmente no cinema norte-americano, com filmes que viraram verdadeiros sucessos, como os cinco longas da série "Todo mundo em pânico". No Brasil, a fórmula é usada em "Copa de elite". Na produção nacional, Jorge Capitão (Marcos Veras) é um destemido e individualista Capitão do BOP, e um ídolo brasileiro. Porém, após salvar o maior craque argentino de um sequestro às vésperas da Copa do Mundo, ele acaba virando o inimigo público número 1 do Brasil. Expulso da corporação e desacreditado, ele terá que aprender a trabalhar em equipe para evitar um atentado contra o Papa na final do torneio. Para isso, ele conta com a ajuda de uma seleção de craques como a empresária de sex shop Bia Alpinistinha (Julia Rabello), um médium (Bento Ribeiro) que fará a ponte com o além e de sua mãe (Alexandre Frota). O elenco ainda conta com as participações de Rafinha Bastos, Bruno de Lucca e Anitta. Entre os sucessos do cinema brasileiros parodiados em Copa de Elite estão "2 filhos de Francisco" (2005), "Se eu fosse você" (2006), "Tropa de elite" (2007), "De pernas pro ar" (2010), "Nosso lar" (2010), "Chico Xavier" (2010), "Bruna Surfistinha" (2011) e "Minha mãe é uma peça" (2013). Esta é a segunda paródia de "Tropa de elite" envolvendo o grupo humorístico Porta dos Fundos em menos de dois anos. Em 2012, o comediante Fábio Porchat já estrelava a sátira "Totalmente inocentes".

UCI 1:15h10 e 19h30 (todos os dias) e 23h50 (somente até domingo). Cinemais Alameda: 14h50 e 19h30. Palace 1: 14h, 16h, 20h e 22h. Classificação: 14 anos.

 

'Julio sumiu'

Julio sumiu

Baseado no livro homônimo lançado em 2004 pelo "Casseta" Beto Silva, a comédia "Julio sumiu" é mais um filme nacional que chega aos cinemas nesta semana. A trama tem como pano de fundo a Zona Sul do Rio de Janeiro e traz como protagonista a atriz Lilian Cabral, que interpreta Edna, mãe de Julio (Pedro Nercessian) e Sílvio (Fiuk). Ela acorda no meio da noite e se desespera ao saber que seu caçula Julio desapareceu sem deixar vestígios. Preocupada com a falta de ação da polícia, Edna sobe o morro para conversar com o traficante Tião Demônio (Leandro Firmino), que estaria mantendo seu filho refém. No meio de um tiroteio, ela se vê obrigada a levar para casa sacolas cheias de drogas. Com a ajuda de Sílvio, o filho mais velho, ela transforma o apartamento em uma "boca" para pagar o resgate de Julio. Em meio a muitas confusões e reviravoltas, uma dona de casa conservadora muda sua vida e seus princípios tentando salvar a família.

UCI 1: 13h, 17h20 e 21h40. Cinemais Alameda: 14h10 e 19h. Classificação: 16 anos.

 

'Divergente'

Divergente

 Também baseada em um livro homônimo, a produção hollywoodiana "Divergente" se passa em uma Chicago futurista, onde as pessoas estão divididas em cinco facções com base em suas personalidades, e cada uma representa um valor diferente, como honestidade, generosidade, coragem e outros. É nesse contexto que a adolescente Beatrice (Shailene Woodley) completa seus 16 anos e precisa escolher entre as diferentes facções. Beatrice surpreende a todos e até a si mesma quando decide pela facção dos destemidos, escolhendo uma diferente da família, e tendo que abandonar o lar. Ao entrar para a Dauntless, ela torna-se Tris e vai enfrentar uma jornada para afastar seus medos e descobrir quem é de verdade. Além disso, Tris conhece Four, um rapaz mais experiente na facção que ela, e que consegue intrigá-la e encantá-la ao mesmo tempo.

UCI 4:14h30, 17h20 e 20h10. Cinemais Alameda: (dub) 13h50, 19h10, (leg) 16h30 e 21h50. Classificação: 14 anos.

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?