Publicidade

17 de Maio de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
O espetáculo conta a história de Abreu, um morto que acertou na mega-sena acumulada
O espetáculo conta a história de Abreu, um morto que acertou na mega-sena acumulada

Um velório inusitado, repleto de confusões que vão desde a descoberta de uma possível amante do falecido até a revelação de que o morto acertou na mega-sena acumulada. A humorada história de "Velório à brasileira" retorna à cena neste sábado, às 20h30, e nos dias 23 de maio, às 19h, e 1º de junho, às 20h30. O elenco é formado por Cláudio Ramos, também diretor da peça, Diogo Martins, Hellen Rodrigues, Marcelo Guilherme, Márcia Mello, Rodrigo Bering e Sandra Almeida. O texto é de Aziz Bajur. Às 18h, será a vez de voltar a dar risadas com "Minha sogra é um pitbull". Amanhã, "Fulaninha e Dona Coisa" e "Lugar de mulher... Uma sátira ao machismo" completam a lista de espetáculos do segundo Festival de Gargalhadas. As apresentações estão previstas para as 18h e 20h30, respectivamente. O preço do ingresso será reduzido a partir da doação de um litro de leite longa-vida.

VELÓRIO À BRASILEIRA.

Hoje, às 20h30, no Teatro Pró-Música

(Av. Rio Branco 2.321 - Centro)

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?