Publicidade

03 de Abril de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atendendo ao comando de greve do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino em Juiz de Fora, o Museu de Arte Murilo Mendes (Mamm) suspendeu as atividades por tempo indeterminado. Com a medida, estão paralisadas as visitações às mostras "Angelo Bigi", prevista para ficar em cartaz até 20 de abril, e "Fernando Ancil", programada para terminar em 4 de maio. O movimento grevista começou no dia 17 de março. Na pauta de reivindicações da categoria estão progressão na carreira, conforme planos de cargos e salários da classe, maior isonomia em relação aos ganhos e benefícios dos técnicos de outros setores do serviço público federal, fixação de uma data base, entre outros benefícios.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?