Publicidade

14 de Março de 2014 - 06:00

Fred Fonseca e Marcelo Cameron abrem nova temporada de shows juntos

Por JÚLIA PESSÔA

Compartilhar
 
Fred Fonseca e Marcelo Cameron investem na parceria musical em diversas iniciativas
Fred Fonseca e Marcelo Cameron investem na parceria musical em diversas iniciativas

"Somos funcionários da música, trabalhando em conjunto. Temos esse duo, eu faço bateria, e ele faz baixo a convite de outras bandas, ele é o produtor do meu disco de autorais, eu participo dos projetos dele, e o cara nem me dá uma folga, agora somos vizinhos!", brinca o músico Marcelo Cameron sobre o parceiro musical Fred Fonseca. "O Marcelo tem uma grande noção rítmica, enquanto eu tenho um conhecimento melódico e harmônico melhor. Cada um conhece bem as capacidades e limitações do outro e conseguimos produzir muito a partir daí. Além disso, como baixista, sempre sonhei em ter um melhor amigo baterista", acrescenta Fred. "Só não é um casamento porque ele já é casado!", completa o baixista, fazendo piada.

Brincadeiras à parte, o duo de músicos estreia hoje a temporada deste ano de seus shows em parceria, em um formato que passeia por variados gêneros musicais, inclui composições de Fred e Marcelo e ainda dá espaço para brincadeiras com o público e a contação de 'causos' da carreira e da vida dos artistas. "Tocamos reggae, rock nacional e internacional, algo de anos 1960, uma pegada de folk music, é uma mistureba, que também tem músicas nossas. Mas entre uma e outra, falamos sobre nossas viagens a trabalho, brincamos com o público, pedimos palpite no repertório, enfim, buscamos prender a atenção da plateia, nem que para isso tenhamos que tirar sarro um do outro", conta Cameron. "A música de barzinho muitas vezes acaba relegada a um lugar de mero entretenimento, mas de uma forma muito natural, conseguimos envolver as pessoas e isso direciona um pouco o show, tocamos o que achamos legal para aquele momento. E nós temos uma sintonia tão boa que, muitas vezes, emendamos uma música na outra sem qualquer tipo de contato entre nós", explica Fred.

No que depender dos projetos conjuntos, os vizinhos ainda baterão muito um na porta do outro em 2014. Uma das empreitadas é o lançamento de um CD de autorais de Marcelo Cameron, aprovado na Lei Murilo Mendes e produzido por Fred. "Até o disco ser lançado, vamos incluir algumas músicas nos shows, para quando chegar o lançamento, o público já estar familiarizado", antecipa Cameron.

A ideia é que o álbum saia no segundo semestre, e que a divulgação seja feita em lugares além dos palcos convencionais. "A vontade é de usar os espaços púbicos para qualquer tipo de ação, fazer ensaios abertos e buscar iniciativas em prol da ampliação de público", comenta Fred Fonseca. "O bom em produzir um músico que conheço tão bem é que o processo é muito mais ágil e mais simplificado, o que é uma grande vantagem em projetos vinculados a editais", completa Fred, que também terá um ano agitado, já que acabou de aprovar duas propostas no edital de ocupação do CCBM, "Fábrica de sons", que estará em uma das galerias, e "A trinca", que vai para a sala de encenação.

Outro projeto em que ambos estão dentro é a formação de uma banda, sobre o qual Fred, o principal idealizador, ainda faz suspense. "Ainda estamos em uma fase bem inicial do projeto, mas vai ser algo bem diferente do que fazemos, vou virar rockstar", brinca o músico. O parceiro Marcelo Cameron, que trabalha com música há 18 anos e mora em Juiz de Fora há seis- tendo vindo de Belém do Pará-, acredita que a banda tende a deslanchar, sobretudo devido ao cenário musical local. "Duas coisas me surpreenderam: a presença forte da música profissional em todos os lugares - desde festas, bares e restaurantes até reuniões pequenas de amigos, que fizeram uma vaquinha e queriam ouvir um som- e a abertura à música autoral. Mesmo quando tocamos músicas dos outros, sempre tem alguém pra dizer: 'Toca uma coisa sua agora aí, cara.' Isso é muito gratificante e não acontece em qualquer lugar."

FRED FONSECA E MARCELO CAMERON

Hoje e amanhã,

A partir das 20h,

Empório Artesanal

Avenida Mello Reis 6 - Aeroporto

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você leva em consideração a escolaridade do candidato na hora de votar?