Publicidade

11 de Dezembro de 2013 - 07:00

Litoral de São Paulo oferece novas concepções de conforto à beira-mar

Por JÚLIA PESSÔA*

Compartilhar
 
Fim de tarde em Camburi, entre o mar e a Mata Atlântica
Fim de tarde em Camburi, entre o mar e a Mata Atlântica

São Sebastião (SP) - Largar a correria diária e fazer absolutamente nada, contemplando somente as várias paletas de verde da natureza e o vaivém das ondas do mar. O irresistível convite tem destino certo: o litoral norte do estado de São Paulo, sendo o município de São Sebastião o trecho mais badalado, com praias cuja hotelaria de peso e bons restaurantes ganharam vida independente do centro da cidade.

Interligadas pela sinuosa Rio Santos, as praias oferecem atrativos variados, como a agitada noite de Maresias, o clima familiar da Baleia - imortalizada no meme do jovem Nissin Ourfali - e o ambiente "low-profile" de Camburi e Camburizinho, quase sem ambulantes e barracas.

Na praia de Camburi, muito frequentada por surfistas e jovens casais, o conforto e a exclusividade são imprescindíveis a hotéis e pousadas. No Hotel Spa Nau Royal, por exemplo, pode-se recostar em uma espreguiçadeira em um deque, avistar o oceano e aproveitar o sol sem sequer deixar as dependências da hospedagem. Anexo ao hotel, o restaurante Azul Marinho, especializado em frutos do mar, convida a um jantar romântico em mesas e gazebos intimistas, dispostos entre pitangueiras e jardim de gardênias.

Para os pais que viajam com os filhos, há diversas opções de hospedagem em Camburi, com hotéis que oferecem áreas de lazer exclusivas para os pequenos, embora grande parte da diversão esteja mesmo na praia. A areia fina e branquinha é um convite a fazer esculturas e brincadeiras à beira-mar. Mas se a opção for por águas calmas e sem surfistas, a dica é ir para Camburizinho, a poucos metros de Camburi. As praias são separadas por um riacho de água limpa e gelada, lugar ideal para brincadeiras sem preocupação com a correnteza.

Criança ou adulto, vale lembrar que um item indispensável durante o passeio na região é o repelente, já que a vegetação da Mata Atlântica traz mosquitos e pernilongos que podem perturbar os turistas menos prevenidos.

* A repórter viajou a convite do Hotel Spa Nau Royal

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?