Publicidade

18 de Janeiro de 2014 - 07:00

Com diferentes temáticas e propostas, blocos juiz-foranos intensificam preparativos para seus desfiles

Por JÚLIA PESSÔA

Compartilhar
 
Domésticas de Luxo leva PEC das domésticas às ruas e apresenta as novas fantasias
Domésticas de Luxo leva PEC das domésticas às ruas e apresenta as novas fantasias
Integrantes do mais novo bloco da cidade, "Besta é tu!", inspirado nos Novos Baianos
Integrantes do mais novo bloco da cidade, "Besta é tu!", inspirado nos Novos Baianos

Nesta época em que já é possível ouvir, ao longe, os tambores do carnaval, uma vontade coletiva, bradada já em 1972 por Sérgio Sampaio no saudoso Festival da Canção, toma conta dos foliões: "Eu quero é botar meu bloco na rua". Em Juiz de Fora, diversos grupos estão se organizando para os desfiles, que neste ano serão realizados entre nos dias que antecedem o feriado de Momo, com início no dia 1º de março.

O quase sexagenário Domésticas de Luxo fará seu tradicional trajeto do Parque Halfeld à Praça Antônio Carlos com algumas novidades. Antenadíssimo com os tempos, o enredo do bloco falará sobre a PEC das domésticas, lei aprovada no ano passado, ampliando direitos destes profissionais. "Foi um tema muito discutido no ano passado, entre patrões e empregados, e resolvemos brincar com isso", diz Odério Filho, integrante do conselho deliberativo do bloco e um dos compositores do samba, ao lado de Jânio Eust. O bloco sai no dia 22 de fevereiro, com concentração no Parque Halfeld a partir das 10h. Parte das domésticas também estará na Avenida, no desfile das escolas de samba da cidade, no dia 23, já que o bloco será homenageado por uma das alas da Feliz Lembrança, cujo enredo falará sobre o carnaval local.
 
O enredo, que tem tiradas divertidas como "E aí, patroa? Tem din-din pra contratar?", já foi gravado, e o primeiro grande ensaio será neste sábado, em frente ao Bar Maracanã (Rua Mariano Procópio 510 - Mariano Procópio) das 14h às 19h. Ao contrário do que o bloco vem fazendo há 56 anos, as fantasias não serão de cores diferentes em suas quatro alas, mas ilustrarão a evolução das domésticas ao longo dos anos. "Uma mostra uma trabalhadora simples do interior, com roupa de chita, duas alas mostram versões diferentes do uniforme tradicional mostrado em novelas e outros produtos da mídia e a última traz uma visão mais contemporânea, que remete às 'Empreguetes', diz Odério, fazendo Alusão às protagonistas da novela "Cheias de charme", da Rede Globo.
 
Estreia
 
A folia de rua também terá estreantes em 2014. Idealizado pela designer Nicolle Bello, o bloco "Besta é tu!" faz menção à música homônima dos Novos Baianos e quer expandir as possibilidades do carnaval de rua na cidade. "A intenção é criarmos a cada ano um novo enredo, que traga sempre uma mensagem nova, bacana. O desse ano fala sobre o Pierrot, personagem tradicional da cultura carnavalesca, mas com uma nova proposta: desta vez, o Pierrot se cansou de Colombina, agora vai brincar o carnaval! E queremos que todos larguem também suas preocupações nesses dias de folia e caiam na brincadeira", adianta Nicolle.
 
O "Besta é tu!" deve fazer seu début no dia 22 de fevereiro, do Alto dos Passos, informações que a organização ainda confirmará com a Prefeitura. Enquanto isso, os preparativos para ganhar as ruas continuam a todo vapor, como garante Nicolle. "Fui falando sobre o bloco com um amigo, com outro e outro, e de repente somos vários comprando a ideia. Usamos também as redes sociais para divulgar encontros e trocar informações. O interessante do bloco é isso: é de todos. E por ser na rua, não tem regras: cada um vai com a fantasia que quiser, se quiser. É algo muito livre e com o objetivo mais sincero de brincar e se divertir."
 

'Todo mundo é brega sim'

O Parangolé Valvulado - que já reverenciou a Tropicália, o mutante Arnaldo Baptista, o humorista Mussum, entre outros personagens e temas - vai soltar seu lado brega em 2014, com o enredo "Todo mundo é brega sim". "Buscamos uma referência que fosse comum a muitas pessoas e chegamos à cultura brega, que teve seu auge entre os anos 1970 e 1980 e até hoje é vista com muito preconceito, apesar de ser uma parte muito importante da cultura popular brasileira", explica o músico Danniel Goulart, que participou da composição do tradicional frevo-enredo do bloco, processo que teve a participação de cerca de 20 pessoas, como de costume. 
 
Já gravado e circulando pelas redes sociais, o hino do bloco faz diversas referências ao universo brega: de musas como Sandra Rosa Madalena e Conceição a ícones como Amado Batista e Wando, passando pela pochete, que conquistou milhares de cinturas nos anos 1980. Morto recentemente, Reginaldo Rossi também está no enredo. Como em todos os anos, o Parangolé desfila no domingo que antecede o carnaval (dia 23), com concentração no Largo do Riachuelo a partir das 16h (a confirmar), e deve ter, neste ano, a participação de um pianista, além de vocais, bateria e metais que acompanham o cortejo. "O frevo gravado usa muito teclado, algo típico do brega, e queremos levar isto para a rua", explica Danniel. O bloco se prepara também para lançar o CD com os frevos-enredos e as músicas de "esquenta" do bloco ao longo dos anos, álbum que teve o apoio da Lei Murilo Mendes e está em fase de finalização. Além disso, o Parangolé terá ensaios abertos no Cultural nos dias 2, 9 e 16 de fevereiro. 
 
Mineirices
 
O quarto ano do bloco Comequieto será comemorado com homenagem a um dos maiores sambistas de Juiz de Fora, Armando Toschi, o Ministrinho, cujo centenário é celebrado em 2014. "Acabou sendo uma coincidência ser o mesmo tema do carnaval de Juiz de Fora. Ainda estamos preparando o enredo. E, como sempre, vamos homenagear as mineirices, o lado "come-quieto" da nossa cultura. Falar do Ministrinho, um sambista local, é uma das formas de fazer isso", explica Flávia Rocha, uma das organizadoras do bloco.
 
Ensaiando desde abril do ano passado, a Milagrosa, bateria do bloco que atualmente tem 80 integrantes, intensificou o ritmo com a proximidade da folia, reunindo-se todas as terças e quintas no Privilège, que também será sede da típica feijoada da agremiação, no dia 8 de fevereiro. Em 2014, o Comequieto terá apoio dos bares do Alto dos Passos, onde é feita a concentração. O bloco sai no dia 22, com concentração na Rua Dom Viçoso a partir de 14h (a confirmar).
Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?