Publicidade

27 de Janeiro de 2014 - 19:38

Por Tribuna

Compartilhar
 

De acordo com o superintendente do Procon, Nilson Ferreira Neto, a produção local do show do Chiclete com Banana em Juiz de Fora procurou o Procon, nesta segunda-feira (27), e garantiu que, ainda nesta semana, terá uma posição para os fãs da banda baiana. "Foi uma reunião informal. Eles vieram espontaneamente e disseram que vão decidir se haverá uma nova apresentação", disse o superintendente. Nesta segunda, seis pessoas foram ao órgão de fiscalização para registrar a reclamação. "Alguns querem o show, independentemente de qualquer coisa. Há pessoas que tiveram outros gastos, como com a customização do abadá, e querem o dinheiro de volta, e isso é o justo. Elas têm direito à restituição não só dos danos materiais, mas também morais."

O superintendente ainda afirma que o consumidor deve, primeiramente, procurar o fornecedor. "Se porventura não tiver sucesso, deve procurar o Procon para tentar resolver o problema e aplicar as penalidades cabíveis", endossa Nilson. No escritório do grupo, em Salvador (BA), a Tribuna foi informada que o responsável por responder pela banda é Roberto Cavalcante. No entanto, o empresário não atende os telefonemas do jornal.

A interdição da apresentação de despedida de Bell Marques ocorreu, segundo o 4º Batalhão do Bombeiro Militar, porque a estrutura montada estava em desacordo com a Lei 14.130 de 19 de dezembro de 2001, que dispões sobre a prevenção e o combate a incêndio e pânico em espaços destinados a uso coletivo. "Para que seja realizado em nova data, a organização precisa enviar um novo projeto de segurança aos Bombeiros para a regularização.

O projeto inicial apresentado foi aprovado, mas, na hora da montagem e vistoria, a corporação identificou irregularidades na estrutura, que não coincidiam com o projeto. O procedimento agora é como se fosse realizar um novo evento. Não está agendada uma nova vistoria, pois não foi definida a nova data. Isso depende dos organizadores", afirma o subcomandante da 5ª Companhia de Prevenção do Corpo do Bombeiros, George Sant'ana.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?