JF. segunda-feira 27 mar 2017
OUÇA AGORA
Publicidade
16 de fevereiro de 2017 - 21:02

Definido plano de ação contra blocos irregulares

Por Tribuna

A Prefeitura de Juiz de Fora e órgãos de segurança pública defiram nesta quinta-feira (16) um plano de ação contra blocos irregulares a ser implementado no Bairro São Mateus e região. Caberá à Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) a notificação de todos os bares da região, para que não seja comercializada bebida alcoólica a clientes que não estejam dentro do estabelecimento. A secretaria também irá fiscalizar o uso indevido de mesas e cadeiras sem autorização e o abuso de som automotivo, além de exigir o alvará de localização.

A ação contará com a presença da Guarda Municipal e apoio do setor de inteligência da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania. A 32ª Companhia da Polícia Militar também estará presente, estendendo o policiamento da área em termos de efetivo e de tempo de atuação. A Settra cuidará do trânsito, a Polícia Civil disponibilizará uma viatura para o local, e o Comissariado de Menores atuará na verificação de situações que envolvam menores.

Publicidade


5 comentários

  1. Joao disse:

    Multa para estabelecimento que comercializa bebidas para clientes que não estejam dentro do estabelecimento!!!! ISSO DEVERIA SER PADRÃO DE CONDUTA PARA TODOS OS BARES INDEPENDENTE DO CARNAVAL OU NÃO. O bar QEENS tem um balcão virado para o passeio da Av. Itamar Franco. E O FISCAL NÃO ACHA NADA ERRADO COM ESTE PROCEDIMENTO!

  2. Fabio disse:

    Em suma: cada orgão vai fazer o papel para qual foram criados…

  3. Fernando Gimenez disse:

    Multas, muita fiscalização, excesso de cadeiras nas calçadas também é um fator e som alto. Tudo isto junto e misturado pode dar um bom caldo.

  4. Gabriela Machado disse:

    É uma pena que todos os problemas de uma cidade, que todos os problemas com ocupação do espaço público seja caso de polícia em Juiz de Fora.
    Lamento que os guardas municipais estejam ganhando e status de civil.
    Seria uma boa oportunidade para Juiz de Fora construir outro conceito e atuação em segurança pública.
    Mas infelizmente não temos política pública a longo prazo. Tudo é imediato e repressor; como o consumismo e o mercado!

  5. Tadeu Silva disse:

    “NÃO PÕE CORDA NO MEU BLOCO…”, “OLHA O BLOCO DE SUJO…” SNIF!

*

Restam 500 digitos

 

Top