Publicidade

25 de Abril de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Brasília (ABr) - A presidenta Dilma Rousseff anunciou que criará a segunda etapa do "Programa nacional de acesso ao ensino técnico e emprego" (Pronatec) no final do ano, quando for cumprida a meta de matrículas. "Temos certeza de que antes do fim do ano a gente vai ter cumprido os oito milhões [de matrículas]. Aí vamos criar o Pronatec 2", disse, durante formatura de alunos do programa em Cuiabá. Segundo Dilma, o programa chegou a 6,8 milhões de matrículas. Dilma destacou que, além da variedade de cursos e dos parceiros de qualidade, como entidades do Sistema S (Senai, Senac, Senar e Senat) e os institutos federais, o programa tem um "fator importantíssimo" que é a gratuidade, inexistente nos cursos técnicos até então. "Com isso a gente não discrimina ninguém. Para isso, o governo federal colocou R$ 14 bilhões", destacou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?