Publicidade

17 de Abril de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Restando apenas 14 dias para o fim do prazo de declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2014 (IRPF), mais de 60% dos contribuintes juiz-foranos ainda não acertaram as contas com o Fisco. A Receita Federal informou que, até meia-noite de terça-feira (15), havia recebido 36.188 declarações, 38,9% do total esperado para este ano: 93 mil na cidade. A entrega começou no dia 6 de março e segue até 30 de abril.

Conforme o titular da Delegacia da Receita Federal do Brasil em Juiz de Fora, Marcos Adriano Amorim, o contribuinte juiz-forano segue tendência estadual e nacional. Em Minas, foram recebidos 930.486 documentos, 37,2% dos 2,5 milhões esperados. No país, o número chega a 10.225.411, o equivalente a 37,9% do total estimado: 27 milhões.

Aos contribuintes, Amorim recomenda, na medida do possível, não deixar o envio para a última hora e ter o cuidado de guardar os documentos que dão suporte às informações prestadas, como recibos de autônomos. "As pessoas precisam tomar cuidado para que tenham respaldo documental para verificações futuras." Em Juiz de Fora, cerca de 700 contribuintes estão na mira da Recita Federal na Operação Autônomos, deflagrada a partir da constatação de indícios de infração no IRPF. Este ano, os autônomos da área de saúde são o alvo da ação, especialmente os que receberam pagamentos de pessoas físicas entre os anos de 2010 e 2012. O impacto esperado na arrecadação chega a R$ 9 milhões na cidade.

Para o delegado, com a correria cotidiana, a folga prolongada dos próximos dias pode ser a oportunidade de os contribuintes reunirem a documentação necessária e formalizarem a declaração de forma mais tranquila. Segundo Amorim, este ano, a exemplo dos anteriores, o prazo não será prorrogado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprovou a seleção convocada por Dunga?