Publicidade

25 de Março de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

No primeiro dia de cadastramento dos usuários no sistema do bilhete único em Juiz de Fora, a procura dos cidadãos pelo serviço foi pequena. A Tribuna esteve na sede da Astransp na tarde desta segunda-feira (24) para acompanhar o trabalho e abordou cerca de 50 pessoas que estiveram no local, mas nenhuma delas realizou o cadastro. A assessoria da Associação não informou o balanço oficial. Já a secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) confirmou a baixa demanda e declarou que a situação era esperada.

De acordo com a chefe do Departamento de Transporte Público da Settra, Andréa Júlia Gonzales Santos, a expectativa é que a procura dos usuários aumente nos próximos dias. "Acredito que com a proximidade da implantação do sistema, que acontecerá no dia 15 de abril, e a intensificação da divulgação do serviço, mais pessoas irão se cadastrar."

O sistema de bilhete único prevê que o usuário utilize dois ônibus para ir de uma região até outra da cidade pagando valor menor do que duas tarifas, que hoje somam R$ 4,10. O valor que será cobrado ainda não foi definido pela Prefeitura. Inicialmente, o projeto será testado nas linhas Rodoviária (640), Universidade (555), Circular Benfica - Senai via BR 040 (754) e Distrito Industrial - Circular Benfica (756) (ver arte). Para fazer uso do benefício, o usuário deverá portar novo cartão eletrônico, que será resgatado a partir do cadastro realizado na Astransp (Rua Espírito Santo, nº 296, Centro). Para se cadastrar é preciso apresentar carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?