Publicidade

24 de Maio de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Com a expectativa de movimentar R$ 80 milhões em negócios, acontece, neste final de semana, o 10º Feirão Caixa da Casa Própria em Juiz de Fora. No evento, serão oferecidos mais de cinco mil imóveis entre novos, usados e na planta, com a promessa de condições especiais de financiamento. A expectativa é atrair cerca de dez mil visitantes nos dois dias de evento (sábado e domingo).

Além da oferta dentro do programa "Minha casa, minha vida" do Governo federal, os visitantes poderão conferir imóveis com financiamento pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), com valores entre R$ 145 mil e R$ 750 mil.

Segundo o gerente regional de Construção Civil da Caixa, Fábio Solano, serão 45 expositores entre construtoras, imobiliárias, despachantes, corretores e correspondentes bancários. Também haverá um estande do banco, em que cerca de 40 funcionários, trabalhando em turnos, poderão fazer simulações de financiamento, além de informar e aprovar linhas de crédito.

Conforme Solano, o consumidor que contratar o financiamento imobiliário durante o evento poderá começar a pagar a primeira prestação em janeiro de 2015. A condição vale para financiamentos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do SBPE. O prazo do financiamento imobiliário é de até 35 anos, e as taxas de juros, dependendo das condições de renda e valor do imóvel, são a partir de 4,5% ao ano.

Para requerer o crédito, o interessado deve portar documento de identidade, CPF e comprovante de renda. Em 2013, mais de nove mil pessoas visitaram a feira, quando foram fechados e encaminhados mais de R$ 70 milhões em negócios. O Feirão acontece juntamente ao 2º Salão do Imóvel e será realizado no La Rocca. O horário de visitação é de 9h às 17h. A entrada é franca.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?