Publicidade

03 de Julho de 2014 - 20:24

Por Tribuna

Compartilhar
 

A Caixa Econômica Federal informou nesta quinta-feira (3) à Tribuna que irá recorrer da decisão da Justiça Federal que obriga o banco a garantir uma vaga de técnico bancário no concurso público realizado este ano para um candidato aprovado para o polo de Juiz de Fora em outro concurso, de 2012. O candidato alega que, mesmo durante a validade do certame de 2012, a Caixa realizou novo concurso público e ainda teria contratado empregados por meio de licitação na modalidade pregão, visando a contratação de prestadores de serviços temporários.

Em nota, a assessoria de comunicação da Caixa disse que a ação judicial trata de uma decisão isolada e que "confia na sua reversão, diante da lisura de seus procedimentos admissionais". A empresa garantiu ainda que não há terceirização de serviços bancários na Caixa desde 2008.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?