Publicidade

21 de Dezembro de 2013 - 07:00

Expectativa do Independência Shopping é receber 150 mil pessoas até terça. Sindicomércio prevê alta de 6% nas vendas

Por Tribuna

Compartilhar
 
Independência teve grande movimento ontem à noite
Independência teve grande movimento ontem à noite

Em contagem regressiva para o Natal, o comércio de Juiz de Fora aposta nos consumidores de última hora para alavancar as vendas. Depois de uma semana de poucos resultados, lojistas relatam que a demanda de clientes ganhou fôlego nesta sexta-feira (20) e deve aumentar neste fim de semana. A expectativa da superintendência do Independência Shopping é que 150 mil pessoas passem pelo local entre sexta e a próxima terça-feira, 24 de dezembro. Já o Sindicato do Comércio (Sindicomércio-JF) prevê que os próximos dias corresponderão, praticamente, às vendas de todo o mês de dezembro e estima alta de até 6% nos resultados deste ano em comparação com 2012.

De acordo com empresários e gerentes de lojas que possuem unidades no Centro e no Independência Shopping, o ritmo de vendas esteve fraco nos últimos dias em ambos os locais, mas a situação deve se modificar neste fim de semana. "Vimos as ruas e o shopping lotados, mas a demanda nas lojas não acompanhava o fluxo", disse o gerente da Triton, Fábio Barros. "Para nós, a unidade do Centro apresentou resultados melhores, pois quem apareceu foi para comprar. Já no shopping há muitas opções de lazer, nem todas as pessoas vão motivadas pelo consumo", compara. Situação semelhante ocorreu na Contém 1g, conforme a proprietária Iraciara Rios Marciano. "No shopping, as vendas estão aquém do esperado, mas acredito que este final de semana será decisivo. O empreendimento atrai muitos consumidores de cidades vizinhas."

Esta também é a expectativa do superintendente do Independência Shopping, Fábio Oliveira Neto. Segundo ele, o empreendimento deve bater record de público esses dias. "Esperamos consumidores de Juiz de Fora e do entorno. Temos uma forte clientela de outros municípios, com destaque para Ubá, Barbacena e Três Rios, que irão aproveitar o fim de semana para ir às compras." Além disso, ele avalia que o pagamento da segunda parcela do 13º salário contribui para o aumento do consumo. De acordo com Neto, as lojas do shopping estão com bons resultados de vendas e irão superar o faturamento do Natal de 2012. "A movimentação este ano foi diluída, pois trabalhamos na estratégia de antecipação das compras. Acredito que isso tenha gerado, inclusive, reflexo na menor demanda pelo comércio do Centro."

Na Armadda, o funcionário David Abramo confirma a informação. "Nossas vendas de Natal começaram no final de novembro. Esperamos aumentar em 30% os resultados do ano passado." Na loja do Centro, a projeção é menor. "A chuva atrapalhou as vendas no início, mas agora o movimento melhorou. Acreditamos em crescimento de 20%", diz a gerente Lidiane Fernandes.

 

Antecipação

Contrariando o hábito de boa parte dos consumidores que costuma deixar as compras para última hora, a servidora pública Joana D'arc Guimarães, 40 anos, foi à rua com antecedência. Na busca pelos presentes, ela alternou entre estabelecimentos do Centro e do shopping. "Consegui fugir do tumulto e pesquisar preços."Apesar disso, ela conta que os gastos foram além do orçamento esperado. "Já gastei R$ 4 mil. Agora só estou complementando com as lembrancinhas."

A estudante Maria Clara Alcântara, 22 anos, também antecipou as compras. "Fui antes para poder fazer as compras com tranquilidade. Dei preferência ao shopping pelo conforto de não ter que enfrentar as mudanças no tempo e ter local para estacionar."

 

Infraestrutura

Sobre o relato nas redes sociais de consumidores que enfrentaram dificuldades para efetuar o pagamento no estacionamento do shopping no último domingo, o superintendente assegura que o local oferece infraestrutura adequada para atender a demanda esperada para o Natal e que problemas do tipo não acontecerão. "Foi algo pontual, pois não esperávamos o número de pessoas naquele dia. Mas temos mais de duas mil vagas disponíveis e cem colaboradores atuando nesta época."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?